Corpo Quotes

Quotes tagged as "corpo" (showing 1-30 of 32)
Al Berto
“sabes
por vezes queria beijar-te
sei que consentirias
mas se nos tivéssemos dado um ao outro ter-nos-íamos separado
porque os beijos apagam o desejo quando consentidos
foi melhor sabermos quanto nos queríamos
sem ousarmos sequer tocar nossos corpos
hoje tenho pena
parto com essa ferida
tenho pena de não ter percorrido o teu corpo
como percorro os mapas com os dedos teria viajado em ti
do pescoço às mãos da boca ao sexo
tenho pena de nunca ter murmurado o teu nome
acordado
perto de ti as noites teriam sido de ouro
e as mãos teriam guardado o sabor do teu corpo”
Al Berto, O Medo

Filipe Russo
“Você desencarcera-se da carne vertendo-te da pele em calor e através de ti eu, metal de memória assumo o tempo perdido, prometido e sim.
Você desemaranha-se das entranhas vertendo-te da boca aos ouvidos em música e através de ti eu, anfiteatro de sombras estreio o tempo perdido, prometido e sim.
Você se desprende do corpo vertendo-te pelos poros em perfume e através de ti eu, abelha operária teço o tempo perdido, prometido e sim.
Você se descola da parede celular vertendo-te às bochechas em tempero e através de ti eu, devorador de mundos saboreio o tempo perdido, prometido e sim.
Você se desencana do condicionamento te atravessando até mim por entre visões e através de ti eu, visionário das eternidades cegas contemplo o espaço descoberto, realizado e nu e não!”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“O cheiro a exalar da tua pele, você se desprendendo do corpo me poliniza.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Numa terra de asfixia nos beijamos como se egoistamente quiséssemos roubar o oxigênio um do outro e sobre a frieza nós deslizamos até nos abraçarmos um no outro com todo amor, todo amor próprio necessário para roubar o calor do corpo de alguém. E antes que cheguemos a tanto: se jogue ao abismo, de mãos dadas comigo.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Alguém deseja estar comigo? Apenas estar eu digo. Estar fruindo toda minha presença até os corpos se esfarelarem de vez.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Eu perfumo a palavra com o sabor dos teus sorrisos escorrendo pelo meu corpo.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Me leve pra casa, me leve pra cama; me tome nos teus braços e me leia de corpo inteiro.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Hoje bem cedo pus-me a pensar, abandonei o corpo em local confortável, seguro, seco e arejado e retirei-me para abstratificações as mais líricas.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“No teu corpo eu estudo topologia.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Esconda o teu rosto no meu corpo.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Entre eu e você o mundo entardece, obscurecido pelo desejo. Entre eu e você corpos evisceram, transtornados pelo desejo. Entre eu e você mais que diálogo, conjulgação; nós, dois vetores do desejo em um só, um só plasma inerte, entrópico e universal.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Me murei com teus braços e abraços, no teu corpo atravessado e estatelado eu recitei
“Me murei com teus braços e abraços, no teu corpo atravessado e estatelado eu recitei as profecias.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“O princípio eu intuí e o resto eu adivinhei com o corpo.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Uma parte de ti eu já conhecia dos meus sonhos e o restante eu adivinhei
“Uma parte de ti eu já conhecia dos meus sonhos e o restante eu adivinhei com o corpo.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Todas as verdades menores se desfizeram na conjulgação dos nossos corpos.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Rita Levi-Montalcini
“Il corpo faccia quello che vuole, io sono la mente.”
Rita Levi-Montalcini

Filipe Russo
“Tenso e ocioso desfrutando tamanha declaração de amor, morte e timbre não titubeio ao convidar vossa mão e também corpo inteiro para um seduzente passeio.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“As abstratificações fluem da consciência que me precedeu no corpo à consciência que me sucederá no quase mesmo corpo.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Scot McKnight
“O que interessa é que Jesus teve um corpo de verdade. Para tornar-Se realmente humano, Ele teve de nascer, como escreve o apóstolo Paulo em Gálatas 4, de uma mulher e não somente através de uma mulher. Deus não usou Maria como uma "barriga de aluguel", mas usou o seu DNA. A expressão teológica usada para isto é "encarnação", e o princípio por trás é: o que Deus Se torna Deus redime. Deus tornou-Se o que somos — com um corpo de verdade — para que pudéssemos nos tornar filhos Dele. É por isso que o corpo terreno e verdadeiro de Jesus é importante para a nossa fé.”
Scot McKnight, The Real Mary: Why Evangelical Christians Can Embrace Mother of Jesus

Alessia Esse
“Sono una donna, quindi sono geneticamente programmata per pensare che il mio corpo abbia degli orribili difetti.”
Alessia Esse, La tentazione di Laura

Filipe Russo
“― É com o corpo que tu me amas?
― E eu tenho outro objeto com o qual te amar?!
― Assim eu gamo.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

A dor no estômago falou mais alto e sob seu cântico retumbante meu corpo se
“A dor no estômago falou mais alto e sob seu cântico retumbante meu corpo se ergueu membro a membro, todos içados pelo aperto da fome.”
Filipe Russo, Asfixia

Paulo Coelho
“Embora o meu objectivo seja compreender o amor, e embora sofra por causa das pessoas a quem entreguei o meu coração, vejo que aqueles que me tocaram a alma não conseguiram despertar o meu corpo, e aqueles que me tocaram o corpo não conseguiram alcançar a minha alma.”
Paulo Coelho, Eleven Minutes
tags: alma, corpo

Empurrei meu corpo pra morte, enfim derrotada; me larguei sobre uma encosta íngreme e indevassável;
“Empurrei meu corpo pra morte, enfim derrotada; me larguei sobre uma encosta íngreme e indevassável; caí rolando, esfolada por pedregulhos, esfaqueada por galhos até um córrego de esgoto? O qual continuou me empurrando para o além, próximo à morte, longe da vida; colado ao verso do inferno.”
Filipe Russo, Asfixia

Gonçalo M. Tavares
“Porque Herthe Leo Vast gostava de pensar que era por aí que o corpo havia começado: pelas unhas. E não era por acaso que, segundo lhe haviam descrito, as unhas seriam também as últimas a deixar de crescer no corpo morto. Uma circunferência exacta.”
Gonçalo M. Tavares, Um Homem: Klaus Klump

José Cardoso Pires
“Previno-te. O meu corpo não tem memória.”
José Cardoso Pires

Jojo Moyes
“Seu corpo era apenas uma parte do pacote completo, algo para
se lidar de vez em quando, em intervalos, antes de voltarmos a conversar. Para mim, tinha se tornado a parte menos interessante dele.
Jojo Moyes - Como eu era antes de você”
Jojo Moyes
tags: corpo

Jojo Moyes
“Il suo corpo era solamente una componente dell'intero pacchetto, una cosa da affrontare a intervalli regolari, prima di tornare alle chiacchere. Credo che fosse diventata la parte meno interessante di Will.”
Jojo Moyes, Me Before You
tags: corpo

“Num bar à beira-mar, com ondas a desfazerem-se em espuma nas estacas e o luar testemunha de encontros na areia, ele conheceu uma mulher.
Elas viviam todas a mesma Vida. Vidas que gritavam naquele universo de bebidas e venda do corpo. A luz era baça para dar ambiente. E elas eram pintadas, muito pintadas. Algumas escondiam olhos azuis no fundo de olheiras negras. Mas aceitavam tudo com naturalidade. Era tudo lógico. Tudo era apenas para ganharem o pão.
Nas mesas homens de idade avançada desfaziam-se em sorrisos e ficavam por momentos mergulhados na ilusão do rejuvenescimento. Porque elas eram pródigas em carinhos. Eles tinham dinheiro. E quando alguém descobria a verdade ou se lembrava da verdade, havia nos seus sorrisos ríctus de tristeza que abafavam mergulhando-os nos copos espumantes.
Foi ali que encontrou a mulher que o desejou. Ele queria dela o desejo desinteressado. Queria que o luar e o mar fossem as únicas testemunhas dos seus encontros. Ela gostava dele. Mas precisava de dinheiro para viver. O emprego dela era aquele. Os outros estavam vedados para ela. Custava-lhe aceitá-la como era. Sonhara sempre a mulher muito diferente. Nunca lançada ferozmente na conquista do pão. E de uma maneira trágica.
Queria a posse desinteressada, beijada pela espuma do mar, na areia amarela.
E tudo acabou quando ela lhe confessou que estava grávida dum outro homem. A solução era só uma. Não podia ficar sem trabalhar alguns meses para depois ter a despesa dum filho. E foi tão simples, tão natural, tão sem culpa na sua confissão, que ele fugiu e nunca mais voltou ao bar da beira-mar.”
Luandino Vieira

Italo Svevo
“Credo che tutti abbiamo nella nostra coscienza come nel nostro corpo dei punti delicati e coperti cui volentieri si pensa.”
Italo Svevo, Zeno's Conscience

« previous 1