Identidade Quotes

Quotes tagged as "identidade" (showing 1-23 of 23)
Simone de Beauvoir
“Porque não contestam as mulheres a soberania do macho? Nenhum sujeito se coloca imediata e espontaneamente como não essencial; não é o Outro que, definindo-se como Outro, define o Um; ele é posto como Outro pelo Um definindo-se como Um. Mas para que o Outro não se transforme no Um é preciso que se sujeite a esse ponto de vista alheio. De onde vem essa submissão na mulher?”
Simone de Beauvoir

Afonso Cruz
“é esse, aliás, o problema da liberdade: se é muita, tudo pode ser tudo, não há limites para nada, não há obstáculos, e o aborrecimento instala-se. [as fronteiras] fazem com que não percamos a nossa identidade. A liberdade é o maior inimigo da identidade e uma pessoa tem de arranjar um equilíbrio entre ambas.”
Afonso Cruz, O Pintor Debaixo Do Lava-Loiças

Filipe Russo
“Lutei com unhas e dentes contra a oposição reivindicando a voz que brande em mim.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Mas há forças ainda maiores operando no plano: cada indivíduo, um verbo no infinitivo à espera de conjulgação.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Se você ao menos soubesse pelo que eu passei, e apenas então, talvez, quem sabe
“Se você ao menos soubesse pelo que eu passei, e apenas então, talvez, quem sabe talvez, você poderia me amar pelo que sou.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Sempre haverá alguém mais bonito que você, sempre haverá alguém mais inteligente que você, sempre haverá alguém mais legal que você; mas nunca, nunca haverá alguém mais você do que você.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Em meu labirinto de espelhos tudo reluz minha imagem e tom.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Eu enfim aglutinei em quantidades apocalípticas.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Eu me recuso a muita coisa; e assim eu atinjo um estado de pureza violenta, pureza violentamente violentada e violentadora.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Eu sou à beira do abismo entre lágrimas em chamas.
“Eu sou à beira do abismo entre lágrimas em chamas.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Código de barras, nome, número de série, face, digitais, dna; máscaras para quem não me conhece identificar meus invólucros.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

José Eduardo Agualusa
“Nascemos, crescemos, fazemo-nos adultos e depois velhos. Não habitamos ao longo da vida um único corpo, e sim inúmeros, um diverso a cada instante. A essa corrente de corpos que uns aos outros se sucedem, e aos quais correspondem também diferentes pensamentos, diferentes maneiras de ser e de estar, poderíamos chamar universo - mas insistimos em chamar indivíduo. Grosso erro.”
José Eduardo Agualusa, A Rainha Ginga e de Como os Africanos Inventaram o Mundo

Filipe Russo
“Não só não me reprimo como também me concentro, consolidificando em mim abstratificações cada vez mais supersimétricas.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Eu vim reivindicar a minha parte na barganha: devolva o meu rosto.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Eu nem sei mais o que me fizeram mas eu vou desfazer.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Se eu tivesse tido o que merecia não teria me tornado merecedor deste isto que
“Se eu tivesse tido o que merecia não teria me tornado merecedor deste isto que sou, coisa sem nome nem valor.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Filipe Russo
“Ninguém nunca se sentiu como eu me senti pois o que eu senti foi feito de mim por mim pra mim.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Sem certidão de nascimento nem atestado de óbito. Apenas os clarões histéricos dos relâmpagos me
“Sem certidão de nascimento nem atestado de óbito. Apenas os clarões histéricos dos relâmpagos me documentam em fotografia.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Sandro William Junqueira
“Gente que anda descalça. Que calça a terra que pisa.
(...)
Embora admita que, de algum modo, esta orfandade de pertença desenhou nele uma tatuagem cardíaca.
(...)
é o que acontece quando fazemos turismo; baixamos a guarda.
(...)
A cidade é um mar que nos pode engolir a qualquer momento, um monstro que nos pode golpear sem aviso, um inferno de variáveis incertezas.
(...)
Se a velhice me ensinou algo, é isto: a consciência plena dos desperdícios em favor das nossas próprias tolices.”
Sandro William Junqueira, Granta Portugal 4: África

Filipe Russo
“Gargalho risos gritantes: tudo meu, tudo eu.”
Filipe Russo, Caro Jovem Adulto

Caitlín R. Kiernan
“Sempre fui mulher, Imp. Os hormônios e a cirurgia não me modificaram de uma coisa para outra. Por isso odeio a expressão 'troca de sexo'. Ela é enganosa. Ninguém nunca trocou meu sexo. Eles simplesmente deixaram a carne mais em linha com a minha mente.”
Caitlín R. Kiernan, The Drowning Girl

Victor Eustáquio
“Demoraria tempo para Tiago Penha perceber que era filho de uma Nação sem Estado e de um Estado sem Nação, filho de um empreendimento marítimo colonial tão corajoso quanto patético no limite da sua implosão.”
Victor Eustáquio, A Cidade dos Sete Mares

Laura Erber
“Como os velhos pedagogos que não ensinam as crianças do deserto a palavra neve antes da palavra suor, eu estava impedido de ser qualquer coisa antes de ser quem eu era”
Laura Erber, Esquilos de Pavlov