Mariana Neves

Add friend
Sign in to Goodreads to learn more about Mariana.

http://letsmaketeanotwar.blogspot.pt/
https://www.goodreads.com/mmariananeves

Mansfield Park
Mariana Neves is currently reading
bookshelves: currently-reading
Rate this book
Clear rating

 
The Second Sex
Mariana Neves is currently reading
bookshelves: currently-reading
Rate this book
Clear rating

 
A arte do poder
Mariana Neves is currently reading
bookshelves: currently-reading
Rate this book
Clear rating

 

Mariana’s Recent Updates

Mariana Neves rated a book liked it
O Estranho Caso do Cão Morto by Mark Haddon
Rate this book
Clear rating
Muito interessante para todos os que querem entrar naquele que é o mundo do espectro do autismo. Inesquecível!
Mariana Neves rated a book liked it
O Estranho Caso do Cão Morto by Mark Haddon
Rate this book
Clear rating
Muito interessante para todos os que querem entrar naquele que é o mundo do espectro do autismo. Inesquecível!
Mariana Neves rated a book really liked it
Marley and Me by John Grogan
Rate this book
Clear rating
Maravilhoso para todos os que partilham ou já partilharam o amor de um cão.
Mariana Neves rated a book liked it
O Estranho Caso do Cão Morto by Mark Haddon
Rate this book
Clear rating
Muito interessante para todos os que querem entrar naquele que é o mundo do espectro do autismo. Inesquecível!
Mariana Neves is currently reading
Mansfield Park by Jane Austen
Rate this book
Clear rating
Mariana Neves rated a book liked it
Um amigo chamado Henry by Nuala Gardner
Rate this book
Clear rating
Para quem quer entender o Universo de uma criança autista: perfeito! Realmente comovente e cheio de esperança para uma das batalhas mais dolorosas :)
Mariana Neves wants to read
O Tigre e a Acrobata by Susanna Tamaro
Rate this book
Clear rating
Mariana Neves wants to read
Liberdade - Contos que Celebram a Declaração Universal dos Di... by Various
Rate this book
Clear rating
Mariana Neves wants to read
1Q84 by Haruki Murakami
Rate this book
Clear rating
Mariana Neves wants to read
A Bibliotecária de Auschwitz by Antonio G. Iturbe
Rate this book
Clear rating
More of Mariana's books…
Torey L. Hayden
“As pessoas não se sentem sempre bem. Por vezes ficamos aborrecidas ou irritadas, ou cansadas ou até enervadas. E isso tudo faz parte de nós e, embora seja importante controlas essas emoções para não magoar ninguém não é o mesmo que comportar-mo-nos como se não existissem E o facto de existirem não é errado. Quando agimos como se nos sentíssemos assim, mentimos emocionalmente.”
Torey L. Hayden

“Love is a temporary madness, it erupts like volcanoes and then subsides. And when it subsides, you have to make a decision. You have to work out whether your roots have so entwined together that it is inconceivable that you should ever part. Because this is what love is. Love is not breathlessness, it is not excitement, it is not the promulgation of promises of eternal passion, it is not the desire to mate every second minute of the day, it is not lying awake at night imagining that he is kissing every cranny of your body. No, don't blush, I am telling you some truths. That is just being "in love", which any fool can do. Love itself is what is left over when being in love has burned away, and this is both an art and a fortunate accident.”
Shawn Slovo, Captain Corelli's Mandolin

Susanna Tamaro
“Sabes qual é o erro que cometemos sempre? Acreditar que a vida é imutável, que, mal escolhemos um carril, temos de o seguir até ao fim. Contudo, o destino tem muito mais imaginação do que nós... Precisamente quando se pensa que se está num beco sem saída, quando se atinge o cúmulo do desespero, com a velocidade de uma rajada de vento tudo muda, tudo se transforma, e de um momento para o outro damos por nós a viver uma nova vida.

[…]

Se, esteja onde estiver, arranjar maneira de te ver, só ficarei triste, como fico triste sempre que vejo uma vida desperdiçada, uma vida em que o caminho do amor não conseguiu cumprir-se. Tem cuidado contigo. Sempre que à medida que fores crescendo, tiveres vontade de converter as coisas erradas em certas, lembra-te que a primeira revolução a fazer é dentro de nós próprios, a primeira e a mais importante. Lutar por uma ideia sem se ter uma ideia de si próprio é uma das coisas mais perigosas que se pode fazer.

Quando te sentires perdida, confusa, pensa nas árvores, lembra-te da forma como crescem. Lembra-te que uma árvore com muita ramagem e poucas raízes é derrubada à primeira rajada de vento, e que a linfa custa a correr numa árvore com muitas raízes e pouca ramagem. As raízes e os ramos devem crescer de igual modo, deves estar nas coisas e estar sobre as coisas, só assim poderás dar sombra e abrigo, só assim, na estação apropriada, poderás cobrir-te de flores e de frutos.

E quando à tua frente se abrirem muitas estradas e não souberes a que hás-de escolher, não metas por uma ao acaso, senta-te e espera. Respira com a mesma profundidade confiante com que respiraste no dia em que vieste ao mundo, e sem deixares que nada te distraia, espera e volta a esperar. Fica quieta, em silêncio, e ouve o teu coração. Quando ele te falar, levanta-te, e vai onde ele te levar.”
Susanna Tamaro, Follow Your Heart

Mark Boyle
“Acredito que nos tornamos pessoas mais saudáveis - mental, física emocional e espiritualmente - no momento em que começamos a viver da maneira que acreditamos que devemos viver, seja lá isso o que for. A auto-disciplina existe para libertar e não para retrair a alma.”
Mark Boyle, The Moneyless Man: A Year of Freeconomic Living

Louis de Bernières
“Antonio, I speak to you from beyond the grave, in seriousness. I have loved you with all my shameful heart, as much as I once loved Francisco, and I have conquered any envy that I might have felt. If a dead man may have a wish, it is that you should find your future with Pelagia. She is beautiful and sweet, there is no one who deserves you more, and no one else worthy of you. I wish that you will have children together, and I wish that once or twice you will tell them about their Uncle Carlo that they never saw. As for me, I hoist my knapsack on my shoulders and buckle the webbing, I put my arm through the sling of my rifle, and I open the veil to march into the unknown as soldiers always will. Remember me.

Carlo.”
Louis de Bernières, Corelli's Mandolin

435020 "Amantes da natureza" — 25 members — last activity Mar 22, 2018 03:38AM
Este grupo destina-se a todos os leitores amantes da natureza e de livros relacionados com este tema. Serão lidos e discutidos temas como permacultura ...more
See your year in books badge
Mel
Mel
248 books | 7 friends

Catarina
424 books | 59 friends

Raquel ...
1,640 books | 317 friends

Fernand...
418 books | 3,308 friends

Marlene
388 books | 13 friends

Silvana...
1,273 books | 369 friends

flientr...
200 books | 2 friends

Sara
1,201 books | 532 friends

More friends…



Polls voted on by Mariana

Lists liked by Mariana