Diários Steampunk discussion

The Iron Duke (Iron Seas, #1)
This topic is about The Iron Duke
13 views
Diários Steampunk > Episódio 2 - The Iron Duke

Comments Showing 1-7 of 7 (7 new)    post a comment »
dateDown arrow    newest »

message 1: by Sofia, Travelling Tinkerer (new) - rated it 3 stars

Sofia (auralis) | 36 comments Mod
O segundo episódio dos Diários Steampunk está online! Podem vê-lo aqui:

http://youtu.be/rfoRXfyyw-4

Como prometido, é dedicado ao livro The Iron Duke. A conversa teve de ser cortada (originalmente tinha cerca de 40 minutos) pelo que seleccionámos as melhores partes.

O próximo episódio será sobre a tecnologia steam. Não percam!


Smirlah | 6 comments Antes de mais tenho de dizer que adorei esta ideia vossa de criar uma webseries em que falam sobre livros e um tema do qual gostam. Não existem muitas iniciativas deste género em Portugal e dá gosto ver assistir a este tipo de coisa. Ainda mais se conhecemos as pessoas em questão!

Começando pelos pontos menos positivos deste episódio, acho que o mesmo podia estar um pouco mais dirigido a quem o observa do lado de fora da conversa.

Houve duas partes em especial que só percebi logo do que é que estavam a falar porque numa li a vossa opinião escrita no livro na clockworkportugal e noutra porque também me deparei com o mapa que a Meljean desenhou.

Na primeira situação (que em termos de vídeo é a segunda), acho que não chegam a mencionar a personagem (eu pelo menos não apanhei o nome dela) de que gostaram menos - mais para a frente a Janita diz que ele era capitão - o que para quem não está dentro do assunto pode parecer um pouco confuso e pouco esclarecedor.

Na outra não consegui perceber imediatamente para onde é que o assunto tinha ido depois de a White_Lady mencionar que a autora fez uma pesquisa exaustiva para o livro, sendo que voltei atrás e aí já percebi que estavam a falar do mapa que a Meljean tinha publicado no seu site.

No início também não percebi à primeira o comentário da Telma sobre a capa mas isso deveu-se mais às gargalhadas e ao volume do vídeo do que ao estilo de conversa. Se se pudesse gravar os vídeos com o volume mais alto acho que também seria uma coisa positiva. Houve vezes em que não consegui ouvir o que disseram e aumentando o volume do PC já ficava o som demasiado distorcido. No entanto, também concedo que a minha surdez de um ouvido possa ter sido em parte culpada.

Todavia, apesar das pequenas partes em que o espectador pouco conhecedor da obra se perde, a conversa intimista foi um aspecto positivo deste vídeo. Espero que ele não se perca. :)

De resto, acho que percorreram os pontos mais essenciais/interessantes do livro nestes pequenos excertos e que conseguiram mostrar bem que há algo mais para além do romance neste livro e noutros semelhantes (seja pelas capas ou sinopses) que os tornam leituras interessantes.

O vosso comentário sobre a origem dos nanoagents também me deixou curiosa. Eu sempre vi os mesmos como uma espécie de biotecnologia, daí o inserirem-se e adaptarem-se no corpo humano, adaptando-o por sua vez, sem grandes dificuldades. É mesmo claro que estes são metal ou isto foi apenas a vossa interpretação dos mesmos? Confesso que posso ter sido influenciada pelos outros livros em que utilizavam um tipo semelhante de nanobiotecnologia (a tetralogia de Rama de Arthur C. Clarke) mas realmente nunca os vi como algo feito de metal, ou pelo menos completamente de metal.

E já pensaram em possivelmente divulgar todos os quarenta minutos da conversa como algo fora da série dos Diários? Fiquei curiosa sobre a restante conversa. :)

Fico à espera do próximo episódio!


message 3: by Sofia, Travelling Tinkerer (last edited Jun 05, 2012 04:01PM) (new) - rated it 3 stars

Sofia (auralis) | 36 comments Mod
Smirlah wrote: "Antes de mais tenho de dizer que adorei esta ideia vossa de criar uma webseries em que falam sobre livros e um tema do qual gostam. Não existem muitas iniciativas deste género em Portugal e dá gost..."

Smirlah, muitíssimo obrigada pelo excelente comentário!

Voltando a olhar para o vídeo, penso que tens toda a razão no que toca aos pontos negativos. Infelizmente, a decisão de cortar a conversa (que realmente estava demasiado longa para uma webseries) levou à perda do fio condutor, o que a torna confusa para quem não tenha lido o livro. Teremos isso em conta da próxima vez que filmarmos uma conversa.

Em relação ao som, no meu computador o volume parece adequado, mas o facto de estarmos mais afastadas da câmara pode ter alguma influência. Sentiste esse problema no primeiro episódio?

Quanto aos nanoagentes, se bem me lembro, a autora menciona especificamente que são feitos de metal. Penso que se terá baseado na nanotecnologia que está a ser estudada e desenvolvida hoje em dia - não estou muito familiarizada com a pesquisa, mas penso que já existem nanosensores electrónicos. Nanorobots (dos que reparam as células, como os do Iron Duke) penso que ainda não existem, mas a possibilidade estará a ser estudada.

E sim, estamos a pensar na possibilidade de partilhar o episódio completo... Mais detalhes num futuro próximo. :)

Mais uma vez, obrigada pelo comentário!


Smirlah | 6 comments Sim, o cortarem a conversa contribui para que se perca um pouco o fio à meada mas até achei a divisão bastante bem feita. ;)

Também acho que o problema do som foi estarem demasiado afastadas. No primeiro episódio e o início deste estavam óptimos. :)

Pois, eu sempre tive a ideia de que os nanoagents seriam em parte biológicos. Acho que a vou manter. Afinal de contas, um livro são sempre duas coisas diferentes: a interpretação do autor e a do leitor. ^^

Fico à espera da conversa completa! (Podem até guardar para quando ficarem sem tempo de publicar um episódio com regularidade)


Carla (whitelady) | 12 comments Acho que é mencionado que eles são de metal, mas agora fiquei realmente na dúvida. Lembro-me de que regeneram tecidos ou têm algum tipo de tecido, mas acho que interiormente seriam de metal.

A personagem é o Rhys. É fácil esquecer, quando estamos entre pessoas que leram os mesmos livros que nós, que outros não o fizeram e a conversa às vezes dispersa-se. :) Mas talvez seja bom deixar aqui a página da Meljean dedicada à série The Iron Seas, onde o livro se insere. Tem alguns excertos dos livros e contos, a ordem cronológica dos mesmos, e encontram também links para a história alternativa. Existe também um guia onde se encontra o tal mapa.


message 6: by André, Mad Scientist (new)

André (andredcn) | 9 comments Mod
Obrigado pelos links, vai ser muito útil quando finalmente pegar no Iron Duke :D


Telma (telmixa) Whitelady3 wrote: "A personagem é o Rhys."

Eu, que participei na conversa, também percebi que não se ouvia bem o nome dele. Ele é o "The Iron Duke" e nós dizemos (acho que isso não se percebe muito bem também) que ele é o típico Alpha Male dos romances e que não é o nosso "tipo" de herói romântico favorito.


back to top