Diz-me o que lês, dir-te-ei quem és discussion

26 views
Leituras Conjuntas > 5ª Leitura Conjunta - 2ª Fase

Comments Showing 1-11 of 11 (11 new)    post a comment »
dateDown arrow    newest »

message 1: by Calypso (new)

Calypso | 358 comments Mod
Terminada esta segunda fase onde continuamos a descobrir por entremeio de Ellen como foi a vida de Heathcliff.

Pontos que considerei mais relevantes:

- Após ouvir a conversa entre Catherine e Ellen, Heathcliff deixa o Alto dos Vendavais, desaparecendo durante anos para voltar surpreendendo todos, pelas mudanças em si ocorridas.

- A forma como Heathcliff usa Isabella, após ter conhecimento dos sentimentos da rapariga pela sua pessoa.

- A doença de Catherine e o seu último encontro com Heathcliff antes da sua morte.

- A fuga de Isabella que descreve o homem com quem se casou como um monstro.

Continuo a gostar desta leitura e nunca supus que Catherine morresse nesta fase. O que me deixa algo curiosa para saber o que se vai passar a seguir, afinal Heathcliff procura vingança.


message 2: by Joana (new)

Joana (static_pulse) | 64 comments Também já terminei esta segunda fase. Sinceramente não sei o que comentar, a não ser que cada vez mais a loucura desta gente não tem fim. E pergunto-me se a nova geração será acometida por esta loucura que parece a todos dominar e a todos conduzir. Vamos lá a ver!


message 3: by Sara (new)

Sara (saradelgado) Já terminei a 2ªfase e o livro continua sem me cativar, parece um pouco mais do mesmo, o enredo não desenvolve e as personagens não evoluem. Ainda tenho esperança que melhore... Com tantos comentários positivos estava a espera de um livro fantástico.


message 4: by Alexandra (new)

Alexandra (biobreeze) | 105 comments Gostei bastante desta parte em que a Ellen conta a história do que se passou. As personagens são todas um pouco loucas,mesmo a própria Ellen! Como é que ela consegue assistir a tudo e não intervir mais activamente? Acho também que ela devia ter cuidado do Hareton, mesmo quando foi viver com os Linton. Esta Cathy (filha) também é ainda uma incógnita para mim porque parece até ser boa e simpática. Como se terá transformado na personagem antipática e insensível que Lockwood conheceu no início do livro?


message 5: by Bárbara (new)

Bárbara | 43 comments A Emily é muito imaginativa. Como é que ela se lembrou de criar um par de personagens assim tão estranhas?
São ambos horrivelmente disfuncionais e se a Cathy não tivesse decidido casar com o Linton para não se rebaixar e ficasse com o Heatcliff, só se estragava uma casa. Assim estragaram a vida do Egdar, da Isabella, do Hareton. O Hindley não precisou de muita ajuda para estragar a própria vida.
A Isabella assumiu nesta segunda fase um papel maior. Gostei dela. Deixou-se levar por uma paixão adolescente, mas depois cresceu e sacrificou-se, não se deixou usar para prejudicar o irmão Edgar. Conseguiu fugir e passar os últimos anos afastada da loucura.
Já o filho dela está prestes a ser arrastado para a casa de loucos e morrer novo. A pequena Cathy também teve uma infância protegida mas também se vai tornar na viúva amarga que o Lockwood conheceu na casa do sogro Heatcliff. Deve ser isto o que nos espera na próxima fase. Vamos lá ver o que acontece ao Edgar.


message 6: by Mafi (new)

Mafi | 212 comments Woow que livro, que gente louca O.o xD

Nesta 2ª fase assistimos ao pior do ser humano, de quando nos deixamos levar pelos nossos sentimentos e emoções de uma forma negativa. Nelly parece bipolar, ou é insensível e antipática ou é compreensiva e mostra um lado maternal. Mesmo assim gosto da determinação e de não se deixar intimidar por Catherine. Mas ela por vezes é muito passiva e com tanta coisa a acontecer não sei como é que não interfere mais.

Todos as personagens expressam bem as suas emoções, desprezo, vingança, angústia, amor, sofrimento.

Catherine tem um péssimo feitio, por vezes é completamente irracional e apetecia-me dar-lhe duas estaladas. Vive à beira da loucura pois sente-se dividida entre dois homens, Heathcliff e Edgar e são estas dúvidas que a deixam neste estado. No capítulo 12 temos bem patente este estado dela, adoencendo.

O capítulo 15 é o clímax do livro com a cena de Catherine e Heathcliff.Percebemos que ambos se amam mas é impossível ficarem os dois juntos pois são totalmente diferentes, apesar de serem necessários um ao outro.

No capítulo 16, Catherine não aguenta e ao dar à luz a filha, acaba por morrer. Depois disso vemos o sofrimento de Heathcliff que deixa de comer e impõe-se a questao de o que há para além da morte. Ellen afirma que a Catherine foi para o céu mas Heathcliff não concorda pois o céu sendo um lugar de paz não se adequa à situação do momento, pois Catherine não está em paz agora que estão separados para sempre.

Passam-se 6 meses e segue-se outra morte, desta vez de Hindley. Não tive pena desta morte. Hundley queria matar Heathcliff e queria a ajuda de Isabella para o fazer. Bem o feitiço virou-se contra o feitiçeiro. Temos também a informação neste capítulo que Isabella depois de fugir, dá à luz um bebé chamado Linton e que irá morrer aos 12 anos de idade.

Talvez o mais importante deste capítulo é que com a morte de Hindley, Heatchliff torna-se o dono de O Monte dos Vendavais.

A Cathy (filha) parece ser simpática e quero ver o que lhe vai acontecer.

Eu não gostei muito desta 2ª fase da leitura, é tudo muito dramático e maluco para o meu gosto, vivem as emoções muito intensamente. Mas estou curiosa com o que irá acontecer futuramente.


message 7: by Rodrigo (new)

Rodrigo Oliveira (rodmpoliveira) | 12 comments *Mafi* wrote: "...é tudo muito dramático e maluco para o meu gosto ..."

Pelo que li até aqui, resumo o livro a esta expressão! :)
Isto parece um daqueles universos/realidade paralela em que os intevenientes são completamente "chanfrados"!!! Irra, mas em que estado de loucura é que a autora estava para escrever isto?!?

Não gostei muito desta segunda parte... Estava à espera de conseguir compreender toda aquela arrogância e má-educação demonstrada pelas personagens logo no início da livro mas apenas se consegue mais uns vislumbres do estado de loucura total em que se desenrola a vida de todas aquelas personagens, incluindo a Nelly.

No meio disto tudo, começo a achar que o mais coerente acaba por ser o Joseph! :)))
A (little) Cathy cativou-me mas pelo andar da carruagem, algo me diz que vai descarrilar para o mesmo estado mental em que se encontram os outros...


message 8: by Maria (new)

Maria Carmo (mariacarmo) | 80 comments Nesta segunda fase descobrem-se personagens que na primeira tinham passado quase despercebidas, como é o caso de Isabella. O egoismo de quase todos, os seus ódios e dependências psicológicas, fazem-nos pensar que se calhar pode não ser assim tão idílico viver em reclusão! Há um exagero nas personagens porventura ligado ao período em que o livro foi escrito, num espírito de exacerbado romantismo. Também é necessário ver que as condições de vida eram extremamente duras naquela época. Tanto Emily como as irmãs penso que tenham morrido bastante jovens ainda (em comparação com a esperança de vida de hoje). Assim, por fantástico que pareça, penso que temos que ler o livro á luz do ambiente da época e da imaginação (por vezes "doentia" ) da autora, que ela própria poderá ter tido períodos de reclusão em que a escrita foi a fuga que lhe permitiu povoar a Alma...

Mesmo assim, acho que tem valido a pena. O inglês é bem interessante, tirando a dificuldade para perceber o que diz o Joseph...

Maria Carmo,

Lisboa 29 de Fevereiro de 2012


message 9: by Sandrus (new)

Sandrus (algarvio) | 14 comments Na segunda fase gostei de saber mais sobre o passado de algumas das personagens, principalmente quem é a Cathy, o restante é mais do mesmo que já tinha lido na primeira fase. Aquela gente viviam todos alienados do mundo real.... ou será o que o mundo real de então era no geral assim? :P


message 10: by Rita (new)

Rita | 57 comments Antes de mais peço desculpa pelo atraso...

Relativamente a esta segunda fase, gostei de continuar a descobrir o que se havia passado na vida das personagens, contudo concordo que são realmente estranhos. Não digo que seja algo mau, mas ao longo das páginas apanhava-me a pensar que a única pessoa com juízo era a Nelly. :P A escrita é viciante, leva-nos a ler o livro bastante rápido, sempre com vontade de saber um pouco mais. :)

Penso que também gostei mais da primeira fase, do que aconteceu com esta, mas estou curiosa por saber o que irá acontecer de seguida com as personagens.


message 11: by Simone (new)

Simone Nobre | 73 comments Nao ha muito mais a acrescentar e mais uma vez peço desculpa pelo atraso, e infelizmente ja vi que tao a adiantar mais do que deviam :s

Estou a adorar esta leitura, a história é muito boa. Nesta segunda fase gostei de saber mais sobre as personagens e seu respectivo passado.

Gostei imenso desta segunda fase ser mais dramática e doida que a primeira. Acho que é este desequilíbrio familiar que dá força à história.

Tenho a dizer que gosto bastante de Heatcliff.

Continuação de boa leitura :)


back to top