LITERARY HURRICANE discussion

A Farewell to Arms
This topic is about A Farewell to Arms
8 views
Dez/2015 * A Farewell To Arms > Dezembro/2015 * A Farewell To Arms * Primeiras impressões / Sem spoilers

Comments Showing 1-8 of 8 (8 new)    post a comment »
dateDown arrow    newest »

message 1: by Joana (new) - added it

Joana Diniz (joaan_) | 317 comments Mais um ano chega ao fim e em dezembro leremos dois livros! Viva o recesso!
Em tempos tão incertos, vamos refletir sobre essa grande mazela que é a guerra com Adeus às Armas, de Ernest Hemingway, que ele próprio foi soldado na Primeira Guerra Mundial.
Contem aqui suas primeiras impressões!


Fernanda | 49 comments Por enquanto estou adorando as descrições do Hemingway, mas ainda não me envolvi muito com os personagens Henry e Catherine. O pessoal do grupo já começou a leitura?


message 3: by André (new)

André Caniato (vardamir) | 421 comments Eu comecei, mas parei depois de umas 30 páginas :( alguém me dá um motivo pra tentar de novo? haha. Sei lá, sabe quando o livro não bate com o santo? Ainda mais nesse fim de ano, que tô sem saco nenhum pra me forçar a ler livro que não me cativa muito...

(meu problema maior foram os personagens, acho. achei os dois muito chatos)


Fernanda | 49 comments O livro também travou pra mim. Estou escutando o audio book pra ver se rende mais, mas os personagens não me cativaram. Não sei o que aconteceu, gosto de outras obras do Hemingway como O Sol Também se Levanta e o Velho e o Mar. Este último é um dos meus livros favoritos, dos poucos que gostaria de reler.


Fernanda | 49 comments Decidi usar google para dar mais inspiração. Acabei descobrindo que a vida do Hemingway foi bem conturbada, um tanto nômade, quatro casamentos e o trágico suicídio. Visto que Adeus às armas se inspirou em sua experiência na Primeira Guerra Mundial, vou tentar retomar a leitura com outros olhos.

Wikipedia:
Ainda muito jovem, quando a Grande Guerra (1914-1918) assombrava o mundo, decidiu ir à Europa pela primeira vez. Hemingway havia terminado o segundo grau em Oak Park e trabalhado como jornalista no jornal The Kansas City Star. Tentou alistar-se no exército, mas foi preterido por ter um problema na visão. Decidido a ir à guerra, conseguiu uma vaga de motorista de ambulância na Cruz Vermelha. Na Itália, apaixonou-se pela enfermeira Agnes Von Kurowsky, que viria a ser sua inspiração para a criação da heroína de Adeus às Armas (1929) – a inglesa Catherine Barkley.


Fernanda | 49 comments Oi André! O livro parou mesmo pra você? Terminei faz uns dias, mas ninguém escreveu no post com spoilers e é estranho falar para as paredes!


message 7: by André (new)

André Caniato (vardamir) | 421 comments Parou sim, Fernanda :( tentei mais um pouco e desisti de vez. Você conseguiu? Gostou?


message 8: by Fernanda (last edited Feb 01, 2016 04:17PM) (new) - rated it 3 stars

Fernanda | 49 comments Olá André! Consegui ler sim, ufa :) Precisei de um bom empurrão e força de vontade, mas cheguei ao final. Longe de ser um dos meus favoritos, foi arrastado mesmo já que não me envolvi com os personagens.
Pena que já faz alguns dias e não está mais tão fresquinho na memória, mas vou escrever lá no tópico de livros terminados.


back to top