Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “O triste fim de Policarpo Quaresma” as Want to Read:
O triste fim de Policarpo Quaresma
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

O triste fim de Policarpo Quaresma

3.65  ·  Rating details ·  2,835 ratings  ·  63 reviews
Triste fim de Policarpo Quaresma é um romance em terceira pessoa em que se nota maior esforço de construção e acabamento formal. Lima Barreto nele conseguiu criar uma personagem que não fosse mera projeção de amarguras pessoais como o amanuense Isaís Caminha, nem um tipo pré-formado, nos moldes de figuras e secundárias que pululam em todas as suas obras. O Major Quaresma n ...more
Paperback, 176 pages
Published March 14th 2007 by Luso-Brazilian Books (first published 1915)
More Details... Edit Details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Community Reviews

Showing 1-30
3.65  · 
Rating details
 ·  2,835 ratings  ·  63 reviews


More filters
 | 
Sort order
Oziel Bispo
Jul 30, 2017 rated it it was amazing
Acabo de ler "O triste fim de Policarpo Quaresma " do escritor Brasileiro Lima Barreto que este ano é o grande homenageado da Flip , uma festa literária que acontece no Rio de Janeiro com a presença de grandes escritores convidados.
Este livro conta a história do Major Policarpo Quaresma, um simples funcionário do governo que tem em seu coração um amor muito grande `a patria um patriotismo exagerado que sempre o coloca em perigo perante às autoridades e à sociedade. Uma das suas "loucuras " foi
...more
Laura
Oct 14, 2008 rated it really liked it
O livro tem como personagem principal o Major Policarpo Quaresma, figura nacionalista que faz duras críticas ao presidente Floriano Peixoto. Policarpo encarna o ideal romântico do nacionalismo tardio, ao passo que Floriano Peixoto representa o poder facilmente mantido pela força, não tanto pela suficiência da força, mas pela inoperância da resistência.
Mark
Dec 10, 2014 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Recommended to Mark by: Christiane
Shelves: favorites
A sadly underrated gem, this masterpiece of the Brazilian literature is a joy to read. Barreto's mastery of the language allows him to express complex sentiments in a very interesting and cohesive manner. This is the tale of a true patriot living under the wings of a State that thinks little of such values, and his struggle for the advancement of Brazilian society is as moving as it is pitiful.

The novel is divided into three parts, each with a specific tone and feeling to it, but they contribute
...more
Beatriz Almeida
Jul 09, 2012 rated it really liked it
Recommended to Beatriz by: My ex-teacher who I remember the face not the name
Já ouvi muitas pessoas criticando essa obra e em defesa de Lima Barreto resolvi fazer uma resenha sobre esse livro intrigante. Confesso que depois da leitura minha visão sobre coisas brasileira mudou, então vamos lá!

'Triste Fim de Policarpo Quaresma' foi publicado pela primeira vez em folhetins em 1911. Ninguém queria publicar em formato de livro, então Lima Barreto juntou dinheiro e ele mesmo bancou a editoração em 1915.

O personagem principal, Policarpo Quaresma, é um exímio patriota, nada em
...more
Anna Elizabeth
Feb 11, 2018 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Recommends it for: Marie
Recommended to Anna by: Gabriel
This book was incredible. I'm putting this on my shelf with other literary historical fiction that really digs into human nature. Some of my favourite quotes that highlight what I'm talking about:

"As time passed, the revolt became a festivity, a public entertainment for the city. When a bombardment was announced on a Monday, the promenade of the Passeio Público would be crowded. It was like the old days, when it was fashionable to come out on clear nights to watch the moonlight sparkling on the
...more
Jonathan Bogart
The great Brazilian novel of the 1910s: but fittingly for the unsettled era between the great Naturalists like Machado de Assis and the Modernists of the 1920s, Policarpo Quaresma isn't a novel so much as a feuilleton, a serially-published newspaper story structured in episodic installments, lighter and more satirical (and on occasion more lyrical) than the reigning dogmatism of Naturalism would allow.

In fact the English-language equivalents that came to mind while reading were pre-Naturalists l
...more
Álvaro Guilherme  Andrade Rocha
Nov 14, 2016 rated it really liked it
Shelves: brasil
O notório Pré-Modernista Lima Barreto, cuja literatura possui traços de vertentes realistas e naturalistas (haja vista recorrentes reflexões psicológicas e reflexões socioculturais de personagens), em seu livro ''O Triste Fim de Policarpo Quaresma" retrata a estória do 'visionário' Major Policarpo com ironia, humor negro e inúmeras desconstruções dogmáticas e também ufanistas.
O enquadramento no qual a narrativa se desenvolve é instigante, um Brasil caótico e profundamente segregado política e e
...more
Elizete Nicolini
Sep 16, 2017 rated it it was amazing
A classic and essential book written by Lima Barreto.
Walter
May 10, 2018 rated it liked it
Quase como uma crônica, Lima Barreto escreve "O Triste Fim de Policarpo Quaresma" para criticar direta e abertamente ao Brasil e ao brasileiro. Para este fim o autor utiliza o fanático patriota Policarpo Quaresma - personagem de caraterísticas quixotescas de um Brasil em plena revolução oligárquica de finais do século XVIII. Assim, Policarpo, infeliz pelo fato de não encontrar apoio nas suas ideias malucas -como instaurar o tupi como língua oficial do país -, decide apoiar a revolução dos milita ...more
Mel
Dec 10, 2018 rated it really liked it  ·  review of another edition
Lima Barreto era sem dúvidas inteligentíssimo, sua obra é recheada de críticas e muito importante para o entendimento da formação política, cultural e social brasileira. Apesar de ser um livro que não li com tanto prazer quanto outros que já li, é uma obra que, mesmo escrita há quase um século, possui alta relevância em nossa literatura.
Claudio Mamede Kestener
Oct 10, 2017 rated it really liked it
triste realidade da história do Brasil...
batatairan1
Aug 03, 2018 rated it really liked it
Interessante o progresso da loucura (ou ingenuidade) no nacionalismo exagerado do personagem.
Percebi duras críticas ao brasileiro e essa cultura preguiçosa de garantir seu lugar num cargo do estado. Estranho ver que isso continua até hoje...
Roberta
Mar 29, 2018 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Shelves: 2018, ebooks-2018
A experiência de ler uma das obras do colégio, depois de tanto tempo, foi muito prazerosa. Primeiro, essa edição da penguin companhia é primorosa em contextualizar a obra, só agora pude compreender melhor o contexto histórico no qual "O triste fim de Policarpo Quaresma" está inserido e a relevância da obra. Com esse entendimento, ficou bem mais fácil gostar de Lima Barreto. No início, o livro já me prendeu bastante, li quase 100 páginas de uma só vez, querendo aprender mais sobre os sonhos de Po ...more
Natacha Alencar
Dec 09, 2016 rated it really liked it
Às vezes estigmatizamos uma obra pelo ranço pós-vestibular, escola. O rótulo de "Dom Quixote do Brasil", compreensível dada a semelhança dos arquétipos, também nunca me animou.
Assim o "Triste fim de Policarpo Quaresma" ficou no limbo da minha estante por tanto tempo.
Este livro é, a meu ver, um tratado sobre o Brasil e sua sempre presente cultura da mediocridade, publicado em 1915 o que poderia muito bem ser 2016, 101 parasitários anos depois.

Andre
An extremely patriotic man, who loves his country more than anything and dedicated his whole life to it, is bitterly let down and betrayed by it. The end of Policarpo Quaresma is indeed sad...

Overall the book was okay, but I thought the text was a little dry and unstimulating. I do praise the hints of feminism in Olga, that was bold of the author.
Renato Bezerra
Jan 03, 2010 rated it it was amazing
A classic of brazilian literature, obligatory reading for high school students, who usually just don't get the beauty of it.
Marcele
Livros como estes me fazem admirar Lima Barreto mais do que seus contemporâneos. Triste história, mas com a sagacidade e crítica que são inerentes às suas obras. E como o Brasil mudou tão pouco...
Vítor
May 05, 2017 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Delicioso romance brasileiro do início do século XX sobre o fanatismo patriótico e consequente desilusão e queda de Policarpo Quaresma. Valiosas lições para o nosso tempo.
Haroldo Vital
Nov 30, 2018 rated it really liked it  ·  review of another edition
Shelves: 2018
“No Brasil, o sujeito possuir uma erudição superior é considerado uma aberração, uma falha de caráter, uma doença. Cada um tem de ler apenas o pouco que seus colegas leram, nem uma linha a mais. Se passar disso, ofende e humilha a corporação, sendo automaticamente condenado por delito de 'pedantismo'.

...

Porém o mais grave de tudo, o absolutamente intolerável, é ser erudito sem o correspondente diploma. A recíproca não é verdadeira. Diploma sem conhecimento é normal e decente. Você pode até escre
...more
Jordana Cabral
Jan 16, 2019 rated it it was amazing
"A vitória tinha feito os vitoriosos inclementes e ferozes, e aquele protesto soou entre eles como um desejo de diminuir o valor das vantagens alcançadas. Não havia mais piedade, não havia mais simpatia, nem respeito pela vida humana; o que era necessário era dar o exemplo de um massacre à turca, porém clandestino, para que jamais o poder constituído fosse atacado ou mesmo discutido. Era a filosofia social da época, com forças de religião, com os seus fanáticos, com o seus sacerdotes e pregadore ...more
Samuel Rodrigues
Feb 04, 2018 rated it did not like it
I f×××ing hate this book...
I really think the story has not much to give us nowadays, but, at the time it was released the political critics put in the book by Barreto were, or could be really valid.
I also don't like way Barreto writes and tell his story.
Gcolenci
Aug 01, 2019 rated it really liked it
Não é apenas um livro sobre a loucura ufanista, mas trata também da vida no Rio de Janeiro, de casamento, de política, e muito da situação brasileira na época de Marechal Floriano Peixoto (de modo crítico a este e à classe militar).
Maurivan
Jan 25, 2019 rated it liked it
3,5
julia
Dec 03, 2018 rated it liked it
Não consegui me conectar com o livro e, infelizmente, terminar foi uma tortura :(
Annah
Jan 04, 2019 rated it did not like it
estou dando uma estrela porque não posso dar nenhuma
André Andrade
Jul 23, 2018 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Um livro que chama à reflexão em um momento de polarizações e paixões à flor da pele.
Ligis
Apr 16, 2018 rated it it was amazing
Que puta livro. preciso reler daqui a alguns meses...
Rafael Perez
Apr 13, 2019 rated it liked it
Good
Melissa Barbosa
Aug 18, 2019 rated it it was amazing
Que livro genial!
Micaela Pinillos
May 01, 2019 rated it it was amazing
Libro interesantísimo para replantearnos la idea de patria y nacionalismo. Es un gran libro para regalar.
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 next »

Readers also enjoyed

  • Quincas Borba
  • São Bernardo
  • Noite na Taverna
  • A Rosa do Povo
  • Morte e Vida Severina e Outros Poemas Para Vozes
  • Libertinagem / Estrela da Manhã
  • Sagarana
  • Rebellion in the Backlands
  • O Encontro Marcado
  • Vestido de Noiva
  • O Continente - Volume II
  • Macunaíma
  • Eu e Outras Poesias
  • Memórias de um Sargento de Milícias
See similar books…
53 followers
Afonso Henriques de Lima Barreto nasceu em 1881 na cidade do Rio de Janeiro. Enfrentou o preconceito por ser mestiço durante a vida. Ficou órfão aos sete anos de idade de mãe e, algum tempo depois, seu pai foi trabalhar como almoxarife em um asilo de loucos chamado Colônia de Alienados da Ilha do Governador.

Concluiu o curso secundário na Escola Politécnica, contudo, teve que abandonar a faculdade
...more
“O major está no interior da casa que serve de quartel, lendo. O seu estudo predileto é agora artilharia. Comprou compêndios; mas, como sua instrução é insuficiente, da artilharia vai à balística, da balística à mecânica, da mecânica ao cálculo e à geometria analítica; desce mais a escada; vai à trigonometria, à geometria e à álgebra e à aritmética. Ele percorre essa cadeia de ciências entrelaçadas com uma fé de inventor. Aprende uma noção elementaríssima após um rosário de consultas, de compêndio em compêndio; e leva assim aqueles dias de ócio guerreiro enfronhado na matemática, nessa matemática rebarbativa e hostil aos cérebros que já não são moços.” 1 likes
“-Ahn!... Ela pronunciou este “ahn” muito longo e profundo, como se pusesse nele tudo que queria dizer sobre o caso. Via bem o que fazia o desespero da moça, mas via melhor a causa, naquela obrigação que incrustam no espírito das meninas, que elas se devem casar a todo o custo, fazendo do casamento o pólo e fim da vida, a ponto de parecer uma desonra, uma injúria, ficar solteira. O casamento já não é mais amor, não é maternidade, não é nada disso: é simplesmente casamento, uma coisa vazia, sem fundamento nem na nossa natureza nem nas nossas necessidades. Graças à frouxidão, à pobreza intelectual e fraqueza de energia vital de Ismênia, aquela fuga do noivo se transformou em certeza de não casar mais e tudo nela se abismou nessa idéia desesperada.” 0 likes
More quotes…