Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “El arte de matar dragones” as Want to Read:
El arte de matar dragones
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

El arte de matar dragones

(Teniente Arturo Andrade #1)

3.43  ·  Rating details ·  103 ratings  ·  21 reviews
Poco después de finalizar la Guerra Civil, la Sección de Información del Alto Estado Mayor franquista recibe el encargo de localizar 'El arte de matar dragones', una tabla italiana perdida en el traslado de los fondos del Museo del Prado. La orden procede del propio Serrano Suñer, y Arturo, "un agente de pasado turbio y endebles convicciones políticas", habrá de investigar ...more
Hardcover, 402 pages
Published January 1st 2003 by Algaida
More Details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about El arte de matar dragones, please sign up.

Be the first to ask a question about El arte de matar dragones

Community Reviews

Showing 1-30
3.43  · 
Rating details
 ·  103 ratings  ·  21 reviews


Filter
 | 
Sort order
Carla
May 29, 2018 rated it it was ok  ·  review of another edition
Duas historias interligadas entre a busca do quadro " A arte de matar dragões" e a reflexão sobre os significados dos elementos que o compõem. Fica a sensação de ter lido dois livros - um que gostei, outro nem tanto.
Paulo Goulart
Aug 02, 2017 rated it really liked it  ·  review of another edition
Shelves: policial, espionagem
Muito bom (4,5/5, não é FC ☺). Muito bem escrito e ainda que a estória de base não desse, à partida, para tanto, consegue criar um ambiente de thriller, de tensão, e com um final excelente... O melhor é, contudo, o que o autor escreve e dá a entender sobre Espanha e os espanhóis... Muito interessante e que dá algum alívio a qualquer tuga... ☺
Xabi1990
Jul 28, 2015 rated it liked it
Comenzamos con el libro en un diálogo entre dos personajes, a priori de las inmediatas postrimerías de la Guerra Civil Española. Ambos del bando nacional.

No es mala forma de meterte en la historia, no. Y ya empieza dándonos una foto del Madrid del momento. Y ahí es donde más me ha gustado la novela, en esos retratos de la España de penurias, dividida y arrasada, que intentaba sobrevivir a como la dejó el conflicto.

También está la historia que cuenta el libro, el hilo argumental, que es la búsque
...more
Iblena
Apr 06, 2014 rated it liked it
Shelves: crime
Algo que destaca en El Arte de Matar Dragones es que tiene una ambientación estupenda pero su trama resulta confusa y dispersa, como compleja y ambigua es la personalidad del protagonista de la historia: Arturo Andrade cuya fascinación por la caballería andante y la búsqueda de la verdad que se esconde tras la desaparición del retablo medieval que se le encarga encortar solo es comprensible al final del libro cuando se revela al lector el pasado luctuoso que le atormenta.
Creo que sus delirios p
...more
Pedro Sampedro
Aug 12, 2013 rated it did not like it
Empezaba mas o menos, pero dejé de leer cuando llegué a las palabras en alemán, incorrecto, por supuesto. No entiendo que el escritor meta la pata pensando que nadie lo entiende, menos entiendo que el editor le pase el error.
Irene Azuaje
Jan 30, 2018 rated it it was amazing
La trama es bastante interesante, de verdad hay gente que es capaz de jugarse el cuello por recuperar una obra de arte.
Itililia
Jul 16, 2017 rated it liked it
mmmmm mas o menos, no me convence el final
Nuno Chaves
Jan 24, 2012 rated it really liked it  ·  review of another edition
Shelves: 2012, favorites
Já tinha ouvido falar bastante bem deste livro e decidi partir para a sua leitura, aproveitei uma promoção de um certo hipermercado que por 10 euros vendia este livro juntamente com “A sombra da Águia” de A. Pérez-Reverte, não pensei duas vezes e comprei, tendo em conta que o PVP deste livro é de 14 euros. Segui o conselho do meu amigo Manuel Cardoso, que conhecendo já um pouco os meus gostos de leitura me disse que este livro seria do meu agrado… e não se enganou.


Já o tinha dito anteriormente q
...more
Patrícia
Um misto entre policial e romance histórico, em que a busca de um quadro “A arte de matar dragões” é quase uma desculpa para, por um lado, contar a história de um país dividido ao meio e por outro lado dar-nos a conhecer um personagem, Arturo Andrade que se está a tentar conciliar consigo próprio, com as suas ações, com as suas escolhas.
Digo-vos desde já que não criei uma grande empatia com Arturo, que não o imagino herói nos próximos livros da trilogia e que não sei como é que o autor vai “desc
...more
Isabel Maia
Jun 04, 2011 rated it really liked it  ·  review of another edition
Shelves: mine, translated
Na Espanha de Francisco Franco, os republicanos montam uma complexa operação de segurança ao espólio de arte do Museu do Prado, em Madrid, levando-os para diversos locais do estrangeiro no sentido de garantir que o mesmo espólio não sofresse as consequências do pós-guerra. Durante o transporte, um dos quadros desaparece, A Arte de Matar Dragões, obra de origem italiana mas de cujo autor não se conhece a identidade. Cabe a Arturo Andrade, membro dos Serviços Secretos, descobrir o paradeiro da obr ...more
Maria Teresa
Apr 14, 2011 rated it really liked it  ·  review of another edition
Despertou-me a curiosidade para outros autores daqui ao lado. Para além de Llorca e Aragon, só me lembro de outros autores a escreverem sobre Espanha - André Malraux, George Orwel, Hemingway. A Espanha após a guerra civil vista por um Espanhol, quase como um policial, e a busca de um quadro desaparecido. Sem grandes "romantismos" mas descrevendo gente marcada pela guerra, republicanos ou nacionalistas.
Admiro-me não haver mais livros a contar esta mesma catarse, passados tantos anos, ou então não
...more
Eva
Jul 30, 2017 rated it liked it  ·  review of another edition
Quando peguei no livro, não fazia a mínima ideia a que aludia o seu título; sabia, contudo, que era a curiosidade por ele suscitada, a principal responsável pela leitura que encetei.
Assim, fiquei a saber que “A arte de matar dragões” é o nome de um quadro pertencente ao espólio do museu do Prado, de origem italiana e pintado por um autor desconhecido ...
É, aliás, o seu propalado desaparecimento, aquando da transferência de peças de arte, que está por detrás das intrigas e mistérios que ajudam a
...more
Célia | Estante de Livros
Mais uma vez se prova a teoria de que ir para a leitura de um livro com demasiadas expectativas não é bom, mas desta vez no sentido contrário: é óptimo ir para um livro sem grandes expectativas e depois ser agradavelmente surpreendido. Desta vez, foi o que me aconteceu. A Cristina não tinha gostado por aí além do livro anterior deste escritor espanhol e por isso confesso que não esperava apreciar tanto esta leitura como apreciei.

"A Arte de Matar Dragões" é, essencialmente, um policial com alguns
...more
Tita
Vamos começar pela classificação - 3,5 Estrelas - pois foi uma leitura que não chegou ao "gostei bastante" mas que foi melhor do que "gostei".

Antes de mais, e antes que o título leve ao engano, este não é um livro de fantasia, nem tão pouco que tenha dragões.
A Arte de Matar Dragões é um quadro, de um autor desconhecido, que fazia parte do espólio do Prado, mas após a Guerra Civil Espanhola, desapareceu. Cabe então a Arturo Andrade descobrir o quadro.
A história acaba por ser uma mistura de polic
...more
Carla Soares
May 08, 2013 rated it really liked it  ·  review of another edition
Começo por dizer que li este A Arte de Matar Dragões, título maravilhoso, numa fase de grande falta de concentração na leitura e de revisão de texto (está a dar-me dores de cabeça!!), que prejudicaram em vários aspectos a minha absorção do livro. Ler aos poucos prejudica quase sempre a minha ligação ao livro. Também não sei praticamente nada (mea culpa) sobre o período da História de Espanha em que se desenrola - o pós Primeira Grande Guerra e início do Franquismo.

Trata-se de um thriller, que t
...more
Jose
Primera aventura de Arturo Andrade, protagonista también de 'El tiempo de los emperadores extraños' y 'Los demonios de Berlín'. Leído el último, el personaje de esta primera aventura parece otro completamente distinto al de 'Los demonios de Berlín', mucho más inocente, débil, racional, no el hombre 'de acción' que pulula en las últimas horas del Berlín nazi.
Novela estructurada en dos partes, con dos intrigas distintas y, apurando mucho, apenas relacionadas mínimamente. El lenguaje rebuscado en m
...more
João Baptista
O primeiro da tal "trilogia" mas o meu último e no entanto sempre dentro do mesmo nível. Desta vez o ambiente é a Guerra Civil espanhola, ou seja, com este escritor, estamos sempre a aprender factos novos, pois ele coloca muitos factos históricos nos seus livros, o que nos permite também ir aprendendo com a leitura que vamos efectuando dos seus livros.
Ana
Mar 04, 2012 rated it liked it  ·  review of another edition
Nota-se uma evolução deste livro para O Tempo dos Imperadores Estranhos. Continua a sentir-se a solidão de Arturo, mas a escrita parece um pouco mais confusa e perturbadora. Apesar de tudo é um bom livro.
Angel Serrano
Novela policíaca ambientada en el Madrid del primer invierno tras la Guerra Civil. Una tabla robada del museo del Prado parece ocultar alguna trama criminal más importante en un mundo de espías, policía secreta y militares cargados de violencia.
Susana
Feb 22, 2016 rated it it was ok
Shelves: kindle
Un libro muy irregular. Trata de ser demasiadas cosas y al final no es ninguna de ellas o me perdí en los intrincados eventos, intrincados sin necesidad y sin resolución.
Rosa Ramôa
Apr 02, 2015 rated it really liked it  ·  review of another edition
Sobre a Guerra Civil espanhola...A inexplicável vitória de Franco*
Boian Popunkiov
rated it liked it
Feb 06, 2016
Carilius
rated it it was ok
Apr 23, 2017
Manuel De luzuriaga
rated it it was ok
Jan 24, 2014
Tiago Oliveira
rated it liked it
Jan 06, 2019
David
rated it really liked it
Jan 23, 2016
Seshat
rated it really liked it
Jun 18, 2013
Maria Duarte
rated it it was amazing
Jan 03, 2013
André Nuno
rated it really liked it
Oct 07, 2018
Rui Batista
rated it it was amazing
Dec 15, 2013
« previous 1 3 4 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
23 followers
Ignacio Del Valle Oviedo, Asturias (1971), vive en Madrid. Ha publicado hasta 2011 seis novelas. La última, Los demonios de Berlín, es la continuación de El tiempo de los emperadores extraños, que fue llevada al cine en enero de 2012 como Silencio en la nieve por Gerardo Herrero, teniendo como protagonistas a Juan Diego Botto y Carmelo Gómez.

Ha recibido más de cuarenta premios de relato de ámbito
...more

Other books in the series

Teniente Arturo Andrade (4 books)
  • O Tempo dos Imperadores Estranhos
  • Los demonios de Berlín
  • Soles negros (Capitán Arturo Andrade,  #4)