Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “La tectonique des plaques” as Want to Read:
La tectonique des plaques
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

La tectonique des plaques

(J'aurais adoré être ethnologue #3)

4.04  ·  Rating details ·  727 ratings  ·  57 reviews
Cuites, dérapages et autres séismes dans sa vie de jeune mère célibataire. À 35 ans, Margaux Motin raconte les récents bouleversements qui ont secoué son existence. En magnitude 10 sur l'échelle de Richter, sa nouvelle histoire d'amour avec son meilleur pote, pour qui elle change radicalement de vie. Et comme toute nana post-trentenaire qui prend des décisions très vite, ...more
Hardcover, Delcourt, 192 pages
Published May 8th 2013 by Delcourt
More Details... Edit Details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about La tectonique des plaques, please sign up.

Be the first to ask a question about La tectonique des plaques

Community Reviews

Showing 1-30
Average rating 4.04  · 
Rating details
 ·  727 ratings  ·  57 reviews


More filters
 | 
Sort order
Start your review of La tectonique des plaques
Irena Freitas
Jun 18, 2016 rated it it was ok
O problema de quadrinhos auto-biográficos é que eles só funcionam se você realmente gostar do autor. As ilustrações da Margaux Motin são bonitas, mas ela é tão o tipo de pessoa que eu odiaria conviver na vida real então eu simplesmente não consegui me importar com nada narrado no livro :(


P.S.: fiquei com um pouco de dó da filha da Margaux? Eu não sei dizer exatamente porque, talvez por a autora ter comparado crianças a uma doença mental (??!!?).
Julio Gabriel
Jul 24, 2017 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Shelves: lidos-em-2017, hq-s
Não sei por que ainda me surpreendo com meu poder de subestimar as coisas. Falando de praticidade, considero HQs leituras de respiro, de se fazer entre um livro denso e outro. Sei que não é o melhor pensamento e asseguro que eu e meu analista interior já estamos trabalhando nisso, porém é algo que vem de estalo na minha cabeça. Havia acabado de ser destroçado intelectualmente por Deuses Americanos do Neil Gaiman e peguei Placas Tectônicas na esperança de uma viagem expressa rumo à felicidade. E ...more
Iara Picolo
Jul 04, 2016 rated it it was amazing  ·  review of another edition
QUE QUADRINHO MARAVILHOSO <3
Mathilde
Nov 07, 2016 rated it it was amazing
Le meilleur des 3 tomes !
Julie
Jan 19, 2017 rated it it was amazing
Lu beaucoup trop vite. Beau, sensible et juste.
Justine
Nov 27, 2018 rated it did not like it
Shelves: graphic-books, humour
FR
Parfois drôle ou touchant, et parfois pas du tout fait pour moi.

EN
Sometimes funny and moving, and sometimes not for me at all.
Marina de Paiva
Mar 27, 2016 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Mais um quadrinho maravilhoso lançado pela Nemo aqui no Brasil! Margaux Motin desconstrói a cada página, um pouquinho de vários esteriótipos e comportamentos impostos a mulheres na sociedade. Como se não bastasse ela faz isso com um bom humor ácido, irônico e com inúmeras referências a cultura pop. MARAVILHOSA.
Idilik
May 06, 2015 rated it really liked it
Shelves: bd
'La terre est bleue comme un orange'
'New beginnings are often disguised as painful endings'
TheFierceCat
May 13, 2015 rated it really liked it
Shelves: bd, 2015
Super tome pour finir cette trilogie. J'ai ris, j'ai ris, presque à chaque situation, parce que c'était drôle ou parce que je me suis reconnue et que je me suis trouvée bête.
Je ne pensais pas que j'allais aimé cette trilogie, moi qui n'aime pas vraiment les livre écrits par des femmes qui parle du quotidien des femmes, parce que je trouve souvent ça cliché et parfois même peu réaliste et j'ai du mal à m'y reconnaître. Mais il faut croire que finalement, j'accepte que je suis une femme, et que
...more
Jessica
May 19, 2016 rated it it was amazing  ·  review of another edition
A graphic novel autobiográfica da francesa Margaux Motin narra acertos, erros, peculiaridades e tudo mais que se passa na vida dela com a filha depois do fim de um casamento. Aborda a relação das duas, as amizades da mãe, um novo namorado, mas acima de tudo é sobre o relacionamento da Margaux com ela mesma. Tudo parece bem honesto, a forma como algumas situações são contadas é engraçadíssima e a arte, que mistura fotos, desenhos e aquarela, é demais.
Li em algum lugar que a autora-personagem
...more
Kátia Cristina
Jul 17, 2016 rated it really liked it  ·  review of another edition
Gostei muito. Adoro livros ilustrados e este é muito bonito. A autora tem muito senso de humor e aborda o tema da separação de uma maneira divertida apesar do assunto ser sério. Só acho que tem umas palavrinhas não muito apropriadas, se não fosse isso seria 5 estrelas.
L0raah_
Nov 01, 2016 rated it liked it
Quelques passages sont très drôles, mais j'ai trouvé que ce bouquin était un peu en dessous des autres... ceci dit, ça reste super sympa à lire pour des soirées sans prises de tête :)
Viviane Silva
Jun 05, 2017 rated it really liked it  ·  review of another edition
Delicioso, de ilustrações lindas e leves, a graça dos quadrinhos e despojamento da autora trazem um senso de acolhimento na identificação de quem viveu algo parecido. Adorei!
Jella
May 19, 2017 rated it it was amazing  ·  review of another edition
Que HQ maravilhosa! Dei muitas risadas com o modo cômico como a autora fala e representa a si mesma, porque me percebi em muitas das situações relatadas. Não sou mãe nem tenho 35, mas me vi muito na mulher que a Margaux é. As expectativas, os dilemas, as dificuldades... Esse quadrinho gera identificação e empatia automaticamente; é quase como se experienciássemos os momentos conforme as ilustrações passam, tão próximo de nós torna-se o cotidiano dela. Achei interessante o modo como ela vê o ...more
Gabriela
Um traço completamente encantador, e uma forma inusitada de viver a vida.
As ilustrações de Margaux são lindas, cativantes. Aprecio sua sinceridade, e também valorizo as desconstruções com relação a mulher que ela trazela traz, sei que vai encantar muitas pessoas e por isso recomendo a leitura.

Contudo, eu pessoalmente não me identifiquei com ela. Achei tudo meio bobo e problemático, principalmente a forma como ela trata a filha e como associa sua felicidade à estar em um relacionamento. Tenho
...more
Mladoria
Jan 12, 2019 rated it really liked it
Shelves: emprunts
Illustratrice découverte sur les réseaux. Son style graphique est tout à fait particulier et très détaillé. J'aime son humour complètement brut de pomme, ses accès de folie douce, de liberté pure et d'empathie.
Cet ouvrage rend hommage à toutes les femmes qui traversent ces situations, même rien qu'un peu et qui se reconnaîtront forcément. Je pense à la scène de la salle de bains notamment.
Fraîche et drôle, un chouette moment de détente livresque et graphique.
Adrya Ribeiro
3,5
Um pouco doido em certos momentos, mas divertido em muitos outros.
description
Rose .
Dec 08, 2017 rated it it was amazing
Muito divertido, me reconheci em algumas ssituacoes Ótimo livro!
Margotddj
Jan 24, 2019 rated it really liked it
Drôle, cru, doux, piquant, pétillant. Un livre à partager pour rire et passer un vrai bon moment.
Carolina
Apesar dos desenhos divertidos e carismáticos, a atitude da autora é dramática
Floriane Ferrier
Apr 27, 2019 rated it really liked it
Shelves: 2019
I really like Margaux's art and you find yourself in many of her stories
Dreadymorticia
Sep 18, 2018 rated it liked it
Shelves: bande-dessinée
C’est pas vraiment ma came mais ça m’a plu un peu plus que le précédent.
Andrea Pessoa
Mar 01, 2017 rated it it was amazing
Simplesmente M a R a v i L h o S a! É um must read para toda mulher de 30 anos. Com muito bom humor a autora fala do
Dia-a-dia feminino, desde relacionamento, autosabotagem, maternidade… entrou fácil
para o meu rol de livros/graphic novel favorito.
Aninha Pessoni
De tanto me falarem dessa HQ eu jurava que ela seria 5 estrelas pra mim, mas por muito pouco não foi.
Eu adorei as ilustrações, adorei que autora seja tão 'solta' que não tenha se prendido nem mesmo no 'padrão' de uma HQ, que é fazer as ilustrações em quadradinhos. Ela ilustra de forma livre, no meio da página, as vezes um desenho por página, bem da forma que ela quer mesmo.
Eu me peguei rindo demais durante diversas partes da HQ, foi uma experiência super divertida. A autora é divertida, é livre,
...more
Patricia
Sep 14, 2016 rated it it was amazing  ·  review of another edition

Simplesmente amei esse quadrinho.
Namorei a edição por alguns meses - todas as vezes que visitava livrarias acabava com ela nas mãos - até que me convenci de que eu precisava ler aquela história do começo ao fim (ao invés de só rir e me deliciar ao abrir páginas aleatórias).

Os desenhos são simplesmente maravilhosos. Tão lindos que me entristeceu muito o fato de não termos mais livros dessa autora publicados por aqui. Fiquei totalmente viciada no estilo leve, nas páginas não marcadas, nas misturas
...more
Lady
Jan 11, 2017 rated it really liked it  ·  review of another edition
Oh, to be a woman (or to try to understand one)!

I'm not sure if this book has been translated to english yet, but it's a great one. When you read it, you feel the confort of knowing you are not alone in your oddities, and that being female is never easy or simple. From break-ups, to moving to a new city, raising a daughter, making and keeping friends, or simply portraiting a day-to-day life, Margaux Motin makes it wonderful and raw.

A must read if you like comics, if you are a (mess of a) girl,
...more
Samantha Ortega
Nov 13, 2014 rated it really liked it
Alors.. je dois avouer que j'avais bien aimé les dessins que ma copine Nat avait partagé sur Facebook et je n'ai vraiment pas été décue en lisant cette bd. Les dessins de Margaux sont beaux et les situations sont vraiment drole. Ca parle de la vie de tous les jours, de nos problemes de filles, de sa rupture, de reconstruire sa vie toute seule de la rencontre d'un nouvel amour. Etant séparée de mon ex, forcément, ça me touche beaucoup. Je me suis retrouvée dans certaines réflexions, dans certains ...more
Paloma
Dec 06, 2016 rated it liked it  ·  review of another edition
**3,5**

Essa é a terceira graphic novel que eu leio e não me decepcionei de maneira alguma.
Temos uma visão bem realista da vida de uma mulher feminista, com seus problemas em relacionamentos, família, o próprio corpo, trabalho, que quer se encontrar.
Pequenas histórias com ilustrações maravilhosas resultam em uma graphic real, sentimental e tão lindo, apesar de Margaux utilizar de um tom ácido e sarcástico (particularmente uma das coisas que mais gostei) que acaba dando um tom mais leve e
...more
Kay
Aug 16, 2014 rated it really liked it
C'est toujours heureux que de découvrir que le travail d'un(e) auteur(e) ou artiste change pour le mieux au fil du temps! C'est certainement le cas pour moi ici; bien que Margaux Motin se garde toujours la même touche d'humour, j'ai trouvé le point de vue de ce bouquin plus mature (malgré la régression temporaire du personnage!) et plus près de la réalité. Les dessins sont toujours tout en élégance et l'artiste maîtrise encore mieux sa technique. J'aime beaucoup, et j'espère que l'on aura droit ...more
Amanda
Dec 22, 2013 rated it really liked it  ·  review of another edition
J'ai reçu ce très beau livre pour mon anniversaire et j'ai beaucoup aimé. Les petites histoires au travers des illustrations ne sont pas à mourir de rire selon moi. Toutefois, elles font sourire et je pense que c'est là qu'est l'essentiel. Ce n'est pas un livre humoristique mais un livre avec de l'humour. On s'attache et s'identifie quelque peu à l'auteur dans son autodérision. Ma partie préférée reste "les supers pouvoirs des mamans". Son seul défaut est la typographie choisie pour les bulles.
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »

Readers also enjoyed

  • Culottées #1 (Culottées, #1)
  • Exquisite Corpse
  • La Différence invisible
  • Confessions d'une Glitter Addict
  • La page blanche
  • Les deux vies de Baudoin
  • Culottées #2: Des femmes qui ne font que ce qu'elles veulent (Culottées, #2)
  • Kiki de Montparnasse
  • Escrito em algum lugar
  • Betty Boob
  • Le Silence des étoiles
  • Formica
  • Blue Pills:  A Positive Love Story
  • O Mundo de Aisha: A revolução silenciosa das mulheres no Iêmen
  • Libres ! Manifeste pour s'affranchir des diktats sexuels
  • Autobiographie d'une fille gaga
  • Les Crocodiles
  • O Peso do Pássaro Morto
See similar books…

Other books in the series

J'aurais adoré être ethnologue (3 books)
  • J'aurais adoré être ethnologue
  • La théorie de la contorsion
“Dieu merci, sur la télécommande de ma vie, y a le bouton : "Ferme bien ta gueule de connasse, connasse".” 0 likes
More quotes…