Portugal discussion

221 views
Cantinho Aleatório > Gabriel García Márquez perdeu a memória e não voltará a escrever

Comments (showing 1-22 of 22) (22 new)    post a comment »
dateDown_arrow    newest »

Kumekei | 429 comments Mod
Uma triste noticia.

http://www.publico.pt/Cultura/gabriel...

Fica a obra deste grande autor.


message 2: by Sérgio (last edited Jul 13, 2012 08:56AM) (new)

Sérgio (spolonio) | 11 comments http://www.publico.pt/Cultura/jaime-a...

Parte da notícia foi desmentida, mas a parte relevante, que não vai voltar a escrever, confirma-se. Uma triste notícia, efectivamente.


Daniel Pinto | 126 comments escreveu o que tinha a escrever. ponto.
jorge amado escreveu mais, escreveu melhor, e sem nobel. esse sim, foi uma perda irreparável.
se são comparáveis? são perfeitamente comparáveis.


Sérgio (spolonio) | 11 comments Comentário improfícuo, Daniel. Sem ofensa. Comparáveis podem ser, mas uma perda não é mais irreparável que outra. Quem escreveu melhor dependerá de cada um.


message 5: by Kumekei (last edited Jul 13, 2012 03:11AM) (new)

Kumekei | 429 comments Mod
Essa comparação é próxima de dizer que Jimmy Hendrix e Mozart são comparáveis só porque são ambos músicos.
É tudo uma questão de relatividade. Se para uns Mozart é superior a Jimmy e para outros o inverso se verifica, o facto é que ambos foram importantes para a musica á sua maneira.

Agora é substituir os nomes Mozart e Jimmy Hendrix por Gabriel Garcia Marquez e Jorge Amado, substituir música por escrita e tirar as vossas conclusões.

Mesmo que a notícia fosse que o "Zé da esquina" deixou de escrever não deixava de ser triste.
E porquê?
Pelo simples facto que existiu, criou e contribuiu (mal ou bem) para a literatura.


Daniel Pinto | 126 comments nem me vou dar ao trabalho de responder a esse absurdo. bengalas de discurso são sempre bem vindas.


Sérgio (spolonio) | 11 comments Seria melhor que te desses a esse trabalho. Pelo menos poderia ajudar-nos a compreender a tua opinião de uma forma que transpareça mais do que presunção infundada.


Daniel Pinto | 126 comments Kumekei wrote: "Essa comparação é próxima de dizer que Jimmy Hendrix e Mozart são comparáveis só porque são ambos músicos.
É tudo uma questão de relatividade. Se para uns Mozart é superior a Jimmy e para outros o ..."


enfim, não me irei alongar, concordo com a presunção infundada, desde logo.
kumekei, tudo é uma questão de relatividade que se imiscui na dialética das coisas se prorroga em subjectividade, não é? claro que é.
não me interessam especialmente os paradigmas do teu gosto musical banalmente transversal. e que banalmente, coincide com o meu, em certa e estreita medida. a analogia, ainda assim, é muito infeliz, basta ver as tão díspares eras em que cada um viveu, o facto de um ser um afro-americano nos anos 60 e outro ser um burguês austríaco no séc. XVIII. a identidade europeia é uma coisa muito peculiar, mas levar-nos-ia demasiado longe.
estas díspares diferenças que tu identificas e bem, ainda que implicitamente (vou fazer fé disso), na dicotomia mozart/hendrix, não se verificam de modo algum na dicotomia amado/marquez. mas de modo algum mesmo. vê que nasceram no mesmo continente, na mesma meia século, com pouco mais de dez anos de diferença, leram cervantes, todo o sul-americano que se preze lê cervantes, não se abstiveram de publicar tudo o que puderam publicar (inteligentemente, há escritores que publicam com uma pontualidade muito específica), inspiram-se no falso realismo, misturam realidade e fantasia, inspiram-se na infância, nas raízes, no pequeno mundo tropical e conflituoso onde foram paridos, ambos "mais propensos ao furor do que à ternura"* (informo-te que o marquez comeu a mulher do Llosa), um nobel o outro membro da academia brasileira de letras (preferia o segundo, aqui entre nós), ambos com uma influência póstuma (vale para o amado, e agora, ao que parece, para o marquez, informalmente) fortíssima na américa do sul, ambos estudaram Direito.
achas mesmo que são tão díspares quanto um burguês austríaco e um afro-americano? estás convicto?
o amado tem uma vantagem, um feito, que não é muito comum de se alcançar: a par da sua linguagem de homem de letras, reproduz na perfeição a linguagem tosca dos conterrâneos, a linguagem do amado na infância, na Baía. marquez não o consegue, escreve como um homem de letras apenas, a uma voz, não a duas como o amado e o grande inspirador do próprio marquez, o faulkner. além de que os mitos e mitologias brasileiras em que amado se move, são na minha opinião, mais bem introduzidos nas obras, do que o mundo idílico e heróico colombiano introduzido por marquez.
mas claro, isto é tudo muito relativo.

* manuel maria. és de setúbal, não és?


Kumekei | 429 comments Mod
Acho que não percebeste nada. E por sinal nem eu.
Ninguem está a defender o Gabriel Garcia Marquez sobre o Jorge Amado. Conseguiste transformar uma noticia sobre um escritor deixar de escrever numa guerra aberta em que só tu conheces o sentido.
As pessoas tem o direito de existir e tem o direito á sua obra ser (ou não) apreciada, da mesma maneira que tu tens o direito de ódiar só porque sim.
Tenho reparado que nunca tens nada de positivo para dizer e o que me pergunto é. Estás a trollar ou és mesmo um elitista que odeia tudo o que o rodeia?
De qualquer das maneiras continua no teu caminho se o achas correcto e não te preocupes que nós, comuns mortais, podemos viver muito bem com o ruido de fundo que o teu ódio provoca.
Grande abraço! :P


Daniel Pinto | 126 comments percebi sim, só te quis demonstrar que são comparáveis e fiz-te ver a minha preferência pelo amado, na esperança que também tivesses a tua, ou algo próximo.
eu a pensar que íamos discutir literatura sul-americana, e vens-me com expressões como "guerra aberta" (?). e não kumekei, não odeio nada nem ninguém; neste contexto posso dizer que até amo bons livros e bons debates, usas muito a palavra ódio?, não a via tantas vezes escrita há algum tempo.
apenas não sou geek, e se calhar sou um pouco corrosivo demais (pelo menos para a tua sensibilidade).
bem, é uma pena.
pelo menos, deves ter percebido que são comparáveis, não?!
e não sejas tosco, não ponhas palavras na minha boca, não neguei a ninguém o direito de existir nem questionei tal coisa.
debater coisas, em total liberdade, não é contigo, já vi. não tem mal.
(não te chamei manuel maria, note-se; referia-me ao autor do excerto que é teu conterrâneo)

um forte abraço! :)


Kumekei | 429 comments Mod
Daniel wrote: "...e se calhar sou um pouco corrosivo demais (pelo menos para a tua sensibilidade)...

E finalmente a resposta pela qual eu esperava.

Só queria saber de onde vinham as tuas criticas quase sempre, como tu dizes e bem, corrosivas.
Reparei nisso e queria saber se isso vinha de necessidade de diálogo ou de inflamação.

Quanto a preferências, penso que neste caso nem se aplicam. A noticia era sobre Gabriel Garcia Marquez e trazer á discussão Jorge Amado (claramente o teu favorito dos 2) não me pareceu seguir um fluxo lógico ainda para mais da maneira como o usaste para quase menosprezar um autor com obra feita (e para desmistificar não tenho preferência por nenhum deles) dai ter respondido.

Vou trancar este tópico porque, sobre o assunto do titulo não deverá haver muito mais para dizer mas podemos continuar a conversar por mensagem privada se quiseres.

Mais do que isso, tens carta branca (tu e todos os membros do grupo) para abrir tópicos e criar discussões se assim o entenderes sobre os assuntos que quiseres.

Quanto a liberdade de debate… disseste tudo o que querias dizer certo? Eu também. Portanto penso que não houve privação de liberdade alguma.
E no que diz respeito a sensibilidades, confessa, também te consegui irritar um bocado. Se calhar somos os 2 sensíveis.

P.S.: Daniel wrote: …(não te chamei manuel maria, note-se; referia-me ao autor do excerto que é teu conterrâneo)...
Eu percebi, e mesmo que chamasses não considero um insulto ser comparado com o ilustre Elmano Sadino.


Daniel Pinto | 126 comments vem de necessidade de diálogo que raramente é satisfeita neste grupo. lá vou tentando, porém...
a palavra "menosprezar" aqui não se aplica.
nunca me passou pela cabeça que não tivesse carta branca para criar os tópicos que quisesse.
não (: eu não sou muito irritável. estás muito longe de me irritar.
qual insulto meu caro, foi um elogio às tuas origens.
é contraditório fazeres um apanágio da liberdade de expressão e depois trancares o tópico.
não se pode gostar de bocage e ao mesmo tempo, trancar liberdades.
deixa isto aberto, para apanhar ar. sugiro, humildemente.


message 13: by Kumekei (last edited Jul 19, 2012 03:48AM) (new)

Kumekei | 429 comments Mod
Daniel wrote: "vem de necessidade de diálogo que raramente é satisfeita neste grupo. lá vou tentando, porém...
a palavra "menosprezar" aqui não se aplica.
nunca me passou pela cabeça que não tivesse carta branca ..."


Continuas a não falar sobre o tópico mas sim de assuntos que, se quiseres, podes falar por mensagem privada. Mas já que falas nisso explico-te mais uma vez.
Se o titulo do tópico fosse, "Gabriel Garcia Marquez ganha o premio de melhor escritor sul americano" o teu post tinha toda a lógica.
Sendo o título do tópico o que é, não tem.
O teu post é um boneco de palha que criaste ao lado do para teres assunto para estravazar o que queres dizer sobre outro assunto. Assunto esse que não me apetece discutir mais aqui.

O tópico foi desbloqueado porque mais alguem tem algo a dizer. E é só.


Daniel Pinto | 126 comments boneco de palha? :)


Henrique Daniel wrote: "boneco de palha? :)"

Homem de palha. É uma falácia. Argumento em que a pessoa ignora a posição do adversário no debate e substitui por uma versão distorcida e exagerada, e que representa de forma errada esta posição.


Henrique Márquez já havia dito há anos, após ter adoecido, que não voltaria a escrever pois esgotava-lhe todas as forças e ele já não estava capaz de tal.
Má notícia, mas já não é novidade há bastante tempo.


Ana (anacnunes) | 48 comments Não tinha tido conhecimento desta notícia, mas é sempre triste quando acontece a alguém (seja ele escritor ou não). Ainda não li nada do autor, mas isso não impede que ainda assim seja uma notícia triste.


André Rebelo | 40 comments Talvez o meu escritor favorito. Vi a notícia através do facebook oficial dele e detestei.

Nunca esquecerei o "Cem Anos de Solidão" entre outros claro!


Jorge Garcia | 26 comments eu associava cantinho a um espaço reconfortante...


Filipa (filipamoreno) | 112 comments Mod
Realmente triste. Ainda não tinha visto esta notícia.


Maria Teresa (TeresaQuintinha) | 18 comments Para mim uma notícia muito, muito triste. É quase como dizer que morreu e ficar com saudades do que já se leu sabendo que não vamos acrescentar a riqueza do que ainda está para vir.


Maria Teresa (TeresaQuintinha) | 18 comments Para mim uma notícia muito, muito triste. É quase como dizer que morreu e ficar com saudades do que já se leu sabendo que não vamos acrescentar a riqueza do que ainda está para vir.


back to top

unread topics | mark unread