Alice's Reviews > O Mago: Aprendiz

O Mago by Raymond E. Feist
Rate this book
Clear rating

by
3170403
's review
Sep 13, 10

bookshelves: saída-de-emergência, 2010, fantasia
Read in July, 2010

"O Mago" é uma obra escrita em 1982 (dividida em dois volumes pela SdE) e considerada por muitos leitores como a obra prima do género fantástico. À primeira vista o leitor fica algo intrigado com afirmações deste género dado que a estória tem lugar num mundo marcadamente medieval e no qual estão presentes todos os ingredientes indispensáveis a uma boa aventura fantástica, elfos, anões, criaturas das trevas e, como não, uma forte componente mágica. Contudo, "O Mago" não é apenas mais um livro, quase me atrevo a dizer que é o livro de fantasia por excelência. Quando nos debruçamos sobre ele a escrita cativante e detalhada do autor faz com que tudo em redor se esbata e podemos distinguir claramente aspectos que influenciaram muitos dos best sellers do fantástico escritos depois desta obra.
É certo que Feist não inventou uma idioma e um alfabeto para cada uma das raças presentes, para o leitor dos dias de hoje até é algo complicado ver como alguns dos aspectos introduzidos na narrativa foram verdadeiras lufadas de ar fresco (como a invasão, aparentemente injustificada, de Midkemia por seres de outro mundo), mas a verdade é que Midkemia é um mundo único, consistente e extremamente apelativo. O que o torna tão especial? A mestria do autor. Feist escreve incrivelmente bem mas de um modo muito simples, recorrendo ao mistério e ao humor pare deixar o leitor preso e em suspense a cada virar de página; o recurso à descrição é uma constante, no entanto, a riqueza da mesma, as sensações, cores e detalhes transmitidas por ela fazem com que não se torne maçadora, contribuindo para embelezar não apenas a narrativa mas a escrita em si mesma. O cuidado na criação dos personagens é algo que não podemos deixar de notar, são consistentes e evoluem com a trama, cada raça tem os seus maneirismos, aspectos comportamentais e culturais diferentes que são facilmente identificáveis pelo leitor quando em presença dos diversos personagens. Aliás, estas diferenças culturais e geográficas que marcam as várias raças são, a par da intriga política, outro dos aspectos que contribuem para o fascínio e consistência de Midkemia.
Não posso deixar de referir ainda a capacidade do autor para nos fazer de vários pontos de vista o mesmo acontecimento para além de conseguir transmitir na perfeição a simultaneidade de diversos acontecimentos ou acções. Isto é, não há uma tendência do leitor para ver a narrativa como algo linear, Feist tem o cuidado e a mestria de nos levar a ver a estória como um corpo sólido, volumoso, que pode ser abordado de diferentes perspectivas; é realista, na medida em que em "O Mago" como na vida e no mundo que nos rodeia milhares de acontecimentos podem ter lugar ao mesmo tempo
likeflag

Sign into Goodreads to see if any of your friends have read O Mago.
sign in »

No comments have been added yet.