Procrastinador Diletante's Reviews > Chainfire

Chainfire by Terry Goodkind
Rate this book
Clear rating

by
5739715
's review
Jul 09, 11

Read from July 05 to 09, 2011

Agora que já vou no nono livro da saga The Sword of Truth, de um total de 12 para já, posso confirmar que é uma aventura muito bem escrita e interessante de seguir, tal como a série - isto apesar de os livros não terem quase nada a ver com o que se passou na televisão, tirando os nomes das personagens e alguns momentos.

Embora continue a gostar muito, compreendo agora melhor, o motivo que levou tantos fãs a rejeitar esta adaptação. Os livros são muito mais violentos e sombrios, estando direccionados para um público adulto, ao passo que a série era aberta a quase todas as idades, propícia ao canal que a financiou e em que foi transmitida.

É este mesmo lado mais adulto dos livros, aliado ao facto de que a história avança essencialmente à força de aventuras cheias de combates e batalhas, que leva também muitos fãs de fantasia a odiarem a obra de Terry Goodkind.

De facto, ao longo dos vários livros, não existem aquelas personagens nobres e heróicas, com aspecto angelical, cheias de dilemas e que só recorrem à violência em último recurso. Muito pelo contrário, o herói tem como principal veículo da sua magia, uma espada, a heroína apodera-se da vontade dos inimigos com os seus poderes e a acompanhante de ambos, é uma mulher vestida de cabedal vermelho com um bastão que inflige dor em todos que lhe tocam, incluindo ela.

Por esta descrição, podemos concluir que estamos muito longe de Nárnia ou da Terra Média, confirmando-se essa ideia à medida que vamos descobrindo os vilões da história, que são bastante brutais. É um mundo onde os heróis aceitam e compreendem que, perante os seus inimigos, têm que ser ainda mais impiedosos que eles, não hesitando em recorrer à tortura ou mentira, para alcançar os seus objectivos.

Há momentos na história, que nos levam mesmo a perder a esperança e a pensar porque motivo continuam os nossos heróis a lutar, para depois sermos reanimados por uma conclusão inesperada, que transmite uma mensagem de esperança e valor, despertando-nos de um pessimismo que parece acompanhar a sociedade onde estes livros se desenrolam.

Sim, porque os livros estão cheios de mensagens e ideais, que também provocam a ira de muitos fãs de fantasia. Nota-se que o autor é um defensor duro das políticas militares dos EUA, porque está sempre presente a ideia de que deve haver um grande sacrifício pessoal e geral, para proteger os mais fracos, tomando conta deles, até se conseguirem defender por conta própria, sendo a violência e todo o tipo de métodos brutais, justificável nestes casos. Um dos livros tem mesmo uma dedicatória aos Serviços de Inteligência dos EUA.

Além deste, há muitos outros valores cheios de testosterona a preencher o livro, como a ideia de que nós é que fazemos o nosso próprio destino, que devemos lutar sem olhar a meios pelos nossos objectivos e não nos devemos deixar enganar pelo coração, que muitas vezes nos leva a acreditar em mentiras que queremos que sejam verdades...porque somos estúpidos.

É sem dúvida alguma um livro que desperta muitos ódios dos puristas de fantasia, mas eu considero-os mais livros de aventuras, com um ritmo rápido e brutal, como as personagens que os preenchem. Sim, estão cheios de sexo e sangue, com algumas situações muito exageradas e até a tocar os limites do ridículo ou do aceitável, mas penso que é mesmo isso que o autor quer e não criar um épico de fantasia.

Portanto, como conclusão, para mim The Sword of Truth é uma grande aventura e Terry Goodkind, é um excelente contador de histórias, que nos leva sempre a querer saber o que vai acontecer no capítulo seguinte e que não tem problemas em transmitir os seus ideais através do que escreve, mesmo se forem inadequados ou pelo menos, fora do comum, ao estilo fantasia. Não esperem um enredo e mundo complexo, como Game of Thrones, nem um ambiente épico e místico, como o Senhor dos Anéis, mas sim uma excelente aventura ao longo de vários livros, de ritmo elevado, cheia de acção e intensidade.
likeflag

Sign into Goodreads to see if any of your friends have read Chainfire.
sign in »

No comments have been added yet.