Felipe Chiaramonte's Reviews > David Boring

David Boring by Daniel Clowes
Rate this book
Clear rating

by
235618
's review
Feb 17, 11

Read on February 14, 2011 — I own a copy, read count: 1

Não é novidade que Clowes navega por águas niilistas existencialistas por suas obras, porém, na maioria das vezes, o tom é negativo. Aqui não é diferente, com exceção de um fato final que não irei descrever, mas que, talvez pelo momento de extrema dor de cabeça e sensibilidade física que me atingiam quando li este livro, fez-me chorar pela primeira vez lendo uma HQ - e olhe que não existia música melodramática ditando o tom da cena, não havia manipulação emocional de ritmo na montagem e que, afinal, sou páreo duro neste quisito. Pois é, a conclusão visceral e imediata é de que o poder das HQs é extremamente subestimado. Basta, porém, pegar uma obra como esta ou como "Travel", do Yuichi Yokoyama, ou "Palestina", do Joe Sacco, ou "The Arrival", do Shaun Tan, ou "Asterios Polyp" do David Mazzucchelli, ou "Umbigo Sem Fundo", do Dash Shawn, que qualquer opinião contrária a esta entrará em colapso.

Mas além desse poder choramingante, a qualidades desta obra são muitas. Evidentemente temos o protagonistas bundão e sem direção que já é um arquétipo dos personagens de Clowes, porém imerso em uma narrativa de três atos de reviravoltas, elipses inesperadas e arcos-dramáticos próprios. Ou seja, um enredo um tanto unusual e bem instigante. Os temas, apesar dos movimentos típicos de Clowes, também são bem originais e humanizados, e o flerte é com o crime policial - em específico Hitchcock ("Psicose" e "Vertigo") e Agatha Christie ("O Caso dos Dez Negrinhos"). Em meio a assassinatos, duplos seres e complexos edipianos, há muito hedonismo e uma completa indiferença aos acontecimentos de uma aparente terceira guerra mundial biológica.

Para não me estender mais, basta ainda ressaltar que se trata de um trabalho de traço impecável, que captura as emoções e nuances dos personagens como poucos outros desenhistas conseguem (Crumb e Sacco me vêem à cabeça), em expressões e momentos certeiros, beirando ao fotográfico.

Daria quatro estrelas, mas ao fim tomei outra na cabeça e não haveria como me surpreender mais com isso - estas folhas afetaram diretamente meu sistema nervoso! Agh!
likeflag

Sign into Goodreads to see if any of your friends have read David Boring.
sign in »

Reading Progress

02/14/2011 page 41
30.0%

No comments have been added yet.