Fernando Pessoa

“NEVOEIRO

Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,
define com perfil e ser
este fulgor baço da terra
que é Portugal a entristecer –
brilho sem luz e sem arder,
como o que o fogo-fátuo encerra.
Ninguém sabe que coisa quer.
Ninguém conhece que alma tem,
nem o que é mal nem o que é bem.
(Que ância distante perto chora?)
Tudo é incerto e derradeiro.
Tudo é disperso, nada é inteiro.
Ó Portugal, hoje és nevoeiro...

É a Hora!”


Fernando Pessoa, Mensagem - Poemas esotéricos
tags: poesia
Read more quotes from Fernando Pessoa


Share this quote:
Twitter icon

Friends Who Liked This Quote


To see what your friends thought of this quote, please sign up!

All Quotes
My Quotes
Add A Quote

This Quote Is From

Mensagem - Poemas esotéricos Mensagem - Poemas esotéricos by Fernando Pessoa
4,557 ratings, average rating, 96 reviews


Browse By Tag

More...