Portuguese Literature > Most Read This Week

The Portuguese language was developed gradually from the Vulgar language (i.e. Vulgar Latin) spoken in the countries which formed part of the Roman Empire and, both in morphology and syntax, it represents an organic transformation of Latin without the direct intervention of any foreign tongue. The sounds, grammatical forms, and syntactical types, with a few exceptions, are derived from Latin, but the vocabulary has absorbed a number of Germanic and Arabic words, and a few have Celtic or Iberian origin. Before the close of the Middle Ages the language threatened to become almost as abbreviated ...more

Most Read This Week Tagged "Portuguese Literature"

Goliath (Leviathan, #3)
Daytripper
The Prague Cemetery
Shadowfell (Shadowfell, #1)
The Rembrandt Affair (Gabriel Allon, #10)
Seer of Sevenwaters (Sevenwaters #5)
O Filho de Mil Homens
O Homem de Constantinopla
O Irmão Alemão
A Desumanização
A Confissão da Leoa
O Teu Rosto Será o Último
O Roteiro Inesperado De Fani (Fazendo Meu Filme, #3)
O Último Segredo
Livro
No Meu Peito Não Cabem Pássaros
Como é Linda a Puta da Vida
Um Milionário em Lisboa
The Fort
O Livro do Ano
Dentro do Segredo
Quando Lisboa Tremeu
A Boneca de Kokoschka
Abraço
O Funeral da Nossa Mãe
A Mãe que Chovia
Histórias de um Portugal Assombrado
Jesus Cristo Bebia Cerveja
A Mão do Diabo (Tomás Noronha #6)
Minha Querida Inês
O Ano Sabático
O Retorno
Inverno de Sombras
Uma Viagem à Índia
De volta aos quinze
Matteo Perdeu o Emprego
O Anjo Branco
O Bom Inverno
A Rainha Ginga. E de como os africanos inventaram o mundo
Winging It (Angels Unlimited, #1)
Economic & Philosophic Manuscripts of 1844

Fernando Pessoa
Tanto tenho vivido sem ter vivido! Tanto tenho pensado sem ter pensado! Pesam sobre mim mundos de violências paradas, de aventuras tidas sem movimento. Estou farto do que nunca tive nem terei, tediento de deuses por existir. Trago comigo as feridas de todas as batalhas que evitei… Em mim o que há de primordial é o hábito e o jeito de sonhar.
Fernando Pessoa, Livro do Desassossego, Vol. I

Paulo Coelho
Era uma vez um pássaro. Adornado com um par de asas perfeitas e plumas reluzentes, coloridas e maravilhosas. Enfim, um animal feito para voar livre e solto no céu, e alegrar quem o observasse. Um dia, uma mulher viu o pássaro e apaixonou-se por ele. Ficou a olhar o seu voo com a boca aberta de espanto, o coração batendo mais rapidamente, os olhos brilhando de emoção. Convidou-o para voar com ela, e os dois viajaram pelo céu em completa harmonia. Ela admirava, venerava, celebrava o pássaro. Mas e ...more
Paulo Coelho, Eleven Minutes

More quotes...
LITERARY HURRICANE Para leitores que curtem trocar ideias sobre suas últimas leituras, mas nunca encontram alguém p…more

65 members, last active an hour ago

Só Ler Não Basta Grupo do "Só Ler Não Basta", uma tertúlia mensal e virtual sobre livros, organizada por: Telma T…more

192 members, last active 17 hours ago

A Irrelevância é não ser importante, relevante, de nota, ou com qualquer forma de interesse para…more

5 members, last active 10 months ago

Outros poemas/Other poems
5 chapters — updated Sep 17, 2011 07:38PM — 0 people liked it
Um Perfeito Terceto
1 chapters — updated Dec 07, 2013 11:09AM — 0 people liked it

Tags

Tags contributing to this page include: portuguese-literature and portuguese