Portuguese Literature > Most Read This Week

The Portuguese language was developed gradually from the Vulgar language (i.e. Vulgar Latin) spoken in the countries which formed part of the Roman Empire and, both in morphology and syntax, it represents an organic transformation of Latin without the direct intervention of any foreign tongue. The sounds, grammatical forms, and syntactical types, with a few exceptions, are derived from Latin, but the vocabulary has absorbed a number of Germanic and Arabic words, and a few have Celtic or Iberian origin. Before the close of the Middle Ages the language threatened to become almost as abbreviated...more

Most Read This Week Tagged "Portuguese Literature"

A Dance with Dragons: After the Feast (A Song of Ice and Fire #5, Part 2 of 2)
Aleph
A Dance with Dragons: Dreams and Dust (A Song of Ice and Fire #5, Part 1 of 2)
Shadowfell (Shadowfell, #1)
The Prague Cemetery
Goliath (Leviathan, #3)
The Rembrandt Affair (Gabriel Allon, #10)
Daytripper
Caim
The Accidental Billionaires: The Founding of Facebook, a Tale of Sex, Money, Genius and Betrayal
Heart's Blood
Seer of Sevenwaters (Sevenwaters #5)
Wolverine: Old Man Logan
Livro
A Máquina de Fazer Espanhóis
A Desumanização
Os Livros que Devoraram o Meu Pai
O Retorno
A Mão do Diabo (Tomás Noronha #6)
O Filho de Mil Homens
O Fim da Inocência
Que Cavalos São Aqueles que Fazem Sombra no Mar?
The Fort
1822
A Boneca de Kokoschka
No Meu Peito Não Cabem Pássaros
Poderosa (Poderosa #5)
As Incríveis Aventuras de Dog Mendonça e PizzaBoy
As esganadas
1 KM de Cada Vez
Novas Crónicas da Boca do Inferno
Alma Rebelde
The Neighborhood
Uma Noite Não São Dias
O Ano Sabático
Holocausto Brasileiro
Barroco Tropical
O Homem de Constantinopla
Um Milionário em Lisboa

Fernando Pessoa
A consciência da insonsciência da vida é o mais antigo imposto à inteligência.
Fernando Pessoa

W.G. Sebald
Tudo parecia organizado da melhor forma possível, como se de fato o mundo constasse somente de palavras, como se assim o próprio horror fosse trazido para dimensões seguras, como se para cada aspecto de uma coisa houvesse um reverso, para cada mal um bem, para cada dissabor um prazer, para cada infelicidade uma felicidade e para cada mentira um quinhão de verdade.
W.G. Sebald, Vertigo

More quotes...
Só Ler Não Basta Grupo do "Só Ler Não Basta", uma tertúlia mensal e virtual sobre livros, organizada por: Telma T…more

170 members, last active 3 days ago

LITERARY HURRICANE Para leitores que curtem trocar ideias sobre suas últimas leituras, mas nunca encontram alguém p…more

45 members, last active 9 days ago

A Irrelevância é não ser importante, relevante, de nota, ou com qualquer forma de interesse para…more

4 members, last active 4 months ago

O Rio de Janeiro Continua Lindo
1 chapters — updated Feb 22, 2014 02:20PM — 0 people liked it
Poesia da Hora
1 chapters — updated Aug 29, 2014 10:22PM — 0 people liked it

Tags

Tags contributing to this page include: portuguese-literature and portuguese