Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “Céu Em Fogo” as Want to Read:
Céu Em Fogo
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

Céu Em Fogo

4.13  ·  Rating Details ·  118 Ratings  ·  7 Reviews
"São múltiplas as edições de Céu em Fogo, de Mário de Sá-Carneiro, mas esta, dado ser da responsabilidade de Fernando Cabral Martins, assume-se, desde logo, como referencial [...]. Sem ser uma edição crítica (utiliza como base a primeira, preparada em 1915, um ano antes do autor morrer), actualiza a ortografia e contém breves notas sobre cada uma das oito novelas que const ...more
Paperback, 291 pages
Published (first published 1915)
More Details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about Céu Em Fogo, please sign up.

Be the first to ask a question about Céu Em Fogo

Community Reviews

(showing 1-30)
filter  |  sort: default (?)  |  Rating Details
Cloud
Jul 14, 2013 Cloud rated it really liked it
Shelves: owned-books
"Eu sou feliz porque tenho tudo quanto quero e porque nunca esgotarei aquilo que posso querer. Consegui tornar infinito o universo - que todos chamam infinito, mas que é para todos um campo estreito e bem murado."
Lakshmi
Jul 06, 2017 Lakshmi rated it liked it
"Viver momentos radiosos, ter corpos áureos, bocas imperiais, e a glória ungir-nos em auréolas que ascendem — é isso ser feliz? Mentira! Pois tudo passa, esvoa tão rápido como o tempo. E sofremos da saudade: da saudade do que foi, a menos cruel porque já passou, da saudade do futuro — que desconhecemos — da saudade do presente, que sentimos bem o que é, e por isso se nos torna a mais contorcida de angústia.
O homem felicíssimo, em verdade, é um pobre recebedor de contas pelas mãos do qual, diaria
...more
Salomé Esteves
Jan 23, 2017 Salomé Esteves rated it it was amazing
O medo de terminar um livro, na antevisão triste de se ver sem ele, foi isso que senti com este livro. Sá-Carneiro é de outro mundo, de uma loucura extravasada. Apesar de as suas narrativas terem pormenores e expressões recorrentes, são sempre singularmente brilhantes. A sua escrita é, acima de tudo, hipnótica.
Para mim, o melhor conto é sem dúvida o primeiro, "A Grande Sombra". O começo prolongado, o clímax tardio e fugaz que desagua num fim apoteótico, fazem deste um dos melhores texto de Mário
...more
Angel Serrano
RElato pseudomisterioso, pseudofantástico en la más pura tradición de Poe, pero sin alcanzar su maestría. En un ambiente pan europeo de sofisticación, un adolescente descubre a la vez el amor y la muerte.
Pedrof
Sep 05, 2016 Pedrof rated it liked it
This review has been hidden because it contains spoilers. To view it, click here.
Dalila
Feb 27, 2016 Dalila rated it really liked it  ·  review of another edition
A novela do começo e a do fim são as mais longas e algo aborrecidas, no entanto, «Mistério» é excelente.
Nuno
Nuno rated it it was amazing
Sep 25, 2009
Beatrice Santos
Beatrice Santos rated it liked it
Mar 12, 2014
Daniel
Daniel rated it it was amazing
Oct 19, 2015
Catarina
Catarina rated it liked it
Jan 22, 2012
Rui Reis
Rui Reis rated it it was amazing
Sep 07, 2016
José
José rated it liked it
Jun 08, 2017
Mário
Mário rated it it was amazing
May 15, 2013
Daniela
Daniela rated it did not like it
Aug 19, 2012
Jose Pedro Martins
Jose Pedro Martins rated it it was amazing
Jan 09, 2016
Valéria Martins
Valéria Martins rated it really liked it
Jul 12, 2014
Catarina Nunes
Catarina Nunes rated it really liked it
Apr 09, 2013
A.
A. rated it it was amazing
May 22, 2011
João RS
João RS rated it liked it
Apr 24, 2015
Isabel
Isabel rated it it was amazing
Jul 28, 2013
Fernando Dinis
Fernando Dinis rated it really liked it
Feb 06, 2015
Alex Bukarski
Alex Bukarski rated it it was amazing
Aug 10, 2016
Tiago Marques
Tiago Marques rated it it was amazing
Aug 25, 2016
Catarina
Catarina rated it liked it
Feb 20, 2016
Ana Cláudia
Ana Cláudia rated it it was amazing
Aug 11, 2016
Rodrigo 1234
Rodrigo 1234 rated it it was amazing
Mar 14, 2015
Sandra
Sandra rated it really liked it
Apr 25, 2012
Ivan Neves Figueiras
Ivan Neves Figueiras rated it it was amazing
Jul 24, 2011
Juliana Travassos
Juliana Travassos rated it really liked it
Oct 28, 2012
« previous 1 3 4 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
  • O Medo
  • Poesia Lírica
  • Clepsydra: Poemas
  • Só
  • Cartas a Sandra
  • Eurico, o presbítero
  • Menina e Moça
  • A Morgadinha dos Canaviais
  • Ficções do interlúdio
  • A Sibila
  • O Mandarim
  • Viagens na Minha Terra
  • Contos Exemplares
  • Sinais de Fogo
  • O Delfim
  • Eu Hei-de Amar uma Pedra
  • O Bom Inverno
3224243
Poeta, contista e ficcionista português, um dos grandes expoentes do modernismo em Portugal e um dos mais reputados membros da Geração d’Orpheu.

Na fase inicial da sua obra, Mário de Sá-Carneiro revela influências de várias correntes literárias, como o decadentismo, o simbolismo, ou o saudosismo, então em franco declínio; posteriormente, por influência de Pessoa, viria a aderir a correntes de vangu
...more
More about Mário de Sá-Carneiro...

Share This Book



No trivia or quizzes yet. Add some now »

“Eu sou feliz porque tenho tudo quanto quero e porque nunca esgotarei aquilo que posso querer. Consegui tornar infinito o universo - que todos chamam infinito, mas que é para todos um campo estreito e bem murado.” 6 likes
“(...) Eu consegui variar a existência - mas variá-la quotidianamente. Eu não tenho só tudo quanto existe - percebe? - ; eu tenho também tudo quanto não existe. (Aliás, apenas o que não existe é belo.) Eu vivo horas que nunca ninguém viveu, horas feitas por mim, sentimentos criados por mim, voluptuosidades só minhas - e viajo em países longínquos, em nações misteriosas que existem para mim, não porque as descobrisse, mas porque as edifiquei. Porque eu edifico tudo. Um dia hei-de mesmo erguer o ideal - não obtê-lo, muito mais: construí-lo. E já o entrevejo fantástico... e todo esguio... todo esguio... a extinguir-se em altura azul... (...)
De resto, é evidente, faltam-me as palavras para lhe exprimir as coisas maravilhosas que não existem... Ah! O ideal... o ideal... Vou sonhá-lo este noite... Porque é sonhando que eu vivo tudo. Compreende? Eu dominei os sonhos. Sonho o que quero. Vivo o que quero.”
4 likes
More quotes…