Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “Amor de Perdição” as Want to Read:
Amor de Perdição
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating

Amor de Perdição

3.47 of 5 stars 3.47  ·  rating details  ·  2,514 ratings  ·  70 reviews
Perhaps the height of Portuguese romanticism, Amor de Perdio is a Portuguese Romeo and Juliet. Simo Botelho and Teresa are hopelessly in love, but their families are rivals in Viseu. When Teresa's father, Tadeu, discovers their love, he shuts her in a convent. But, while trying to see his beloved, Simo kills Baltasar, and eventually condemned to death. The sentence is comm ...more
Paperback, 148 pages
Published December 1st 2004 by Luso-Brazilian Books (first published 1862)
more details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about Amor de Perdição, please sign up.

Be the first to ask a question about Amor de Perdição

Os Maias by Eça de QueirósAuto da Barca do Inferno by Gil VicenteFelizmente Há Luar! by Luís de Sttau MonteiroFrei Luís de Sousa by Almeida GarrettA Lua de Joana by Maria Teresa Maia Gonzalez
Livros Portugueses - O que já li...
9th out of 765 books — 254 voters
Harry Potter and the Chamber of Secrets by J.K. RowlingHarry Potter e o Prisioneiro de Azkaban by J.K. RowlingHarry Potter and the Sorcerer's Stone by J.K. RowlingHarry Potter e o Príncipe Misterioso by J.K. RowlingHarry Potter e o Cálice de Fogo by J.K. Rowling
Já li! - PORTUGAL
30th out of 587 books — 114 voters


More lists with this book...

Community Reviews

(showing 1-30 of 3,000)
filter  |  sort: default (?)  |  rating details
Miguel
O dia ofusca-se e mergulha na escuridão cerrada da noite, apenas mosqueada de estrelas que, ao jeito do romantismo, profetizam o destino dos mortais.

Quem acha que tem coração a mais no peito, desengana-se e perde a ortodoxia toda ao ler Camilo Castelo Branco. A arte de amar em pleno desaprende-se nos dias de hoje e é lembrada com algum saudosismo pelos nossos contemporâneos.
Ficção, diria o leitor? Não sei… Talvez esse termo seja meramente uma convenção e um ajustamento de palavras para destruir
...more
Felisberto Barros
"A verdade é algumas vezes o escolho de um romance.
Na vida real, recebe-mo-la como ela sai dos encontrados casos ou da lógica implacável das coisas; mas, na novela, custa-nos a sofrer que o autor, se inventa, não invente melhor; e, se copia, não minta por amor da arte."


Camilo Castelo Branco, no auge da sua produção artística, escreveu este livro, este “amor de perdição” literário. Distintamente, este é um romance amoroso repleto de poesia, tragédia, misticismo e crítica que marcam e orgulham a l
...more
Maria
http://oimaginariodoslivros.blogspot....

Finalmente li este clássico da Literatura Portuguesa.
Gostei bastante, não é muito descritivo (como até estava à espera), lê-se bastante bem, de modo fluido. As personagens são interessantes e o enredo está bem elaborado e descrito (história verídica, por isso não foi inventado, tendo sido mostrado de forma bem elaborada).

A história de amor de Teresa e Simão é muito bonita, muito trágica e romântica. A meu ver este é um livro muito mais romântico que "Os
...more
Tempo de Ler
Review: http://tempodler.blogspot.pt/2012/06/...

Excelente livro no que toca à caracterização da sociedade portuguesa da época, todo o seu conservadorismo, submersão em valores morais e tradições.

Contexto histórico à parte, Amor de Perdição é exageradamente trágico, fatalista, melodramático, sentimentalista, enfadonho e, bem…chato!… Devíamos louvar os clássicos, eu sei. Mas, neste caso, simplesmente não consigo! Talvez seja falha minha por falta de sensibilidade para este tipo de romance...

O roma
...more
Xana
http://oslivrosemvolta.blogs.sapo.pt/...

Amor de Perdição de Camilo Castelo Branco foi, no início, uma verdadeira lufada de ar fresco, pois sentia que estava mesmo a precisar de ler um romance deste género. No entanto, penso que este tipo de Romantismo nada tem a ver comigo e ao fim de algum tempo achei que era tudo demasiado. Demasiado fatalismo, demasiado sofrimento, demasiado dramatismo.

Acredito que possa fazer certas pessoas sonhar com este tipo de amor, cercado de drama por todos os lados e,
...more
Sonia Gomes
Dec 11, 2011 Sonia Gomes rated it 1 of 5 stars
Recommends it for: To all those Romantics/ Aos Romanticos
Recommended to Sonia by: Required Lit to be read for the MA Course in Portuguese Lit.
Shelves: portuguese, romance
This review has been hidden because it contains spoilers. To view it, click here.
Sara
Amor de Perdição, clássico da literatura portuguesa, retrata o amor atribulado entre Simão Botelho e Teresa Albuquerque. Estes estão opostos por famílias que se odeiam e que proíbem qualquer tipo de aproximação entre estes jovens. A vida e os costumes da época pregam uma partida a estes dois amantes e tudo não passará de um amor que perdurará no tempo.

Ler Camilo Castelo Branco requer alguma atenção, não tanto como ler Camões, mas com atenção máxima a sua leitura torna-se mais fácil e até mais rá
...more
Marisa Martins
Em Viseu, é do conhecimento geral a enorme rivalidade entre os Botelhos e os Albuquerques, mas esta guerra parece não ter impedido Simão e Teresa de apaixonarem-se. Os dois jovens estão dispostos a viver o seu romance, mesmo que isso significa andar de candeias às avessas com as respectivas famílias.
Quando o pai de Teresa toma conhecimento sobre este relacionamento, dispõe-se a fazer de um tudo para retirar o Simão da vida da filha. No entanto, a decisão de Tadeu Albuquerque acaba por influencia
...more
Rodrigo Oliveira
Antes de ler esta obra, passei os olhos por algumas criticas e opiniões e, no geral, quase todos o consideravam como um livro triste. Confesso que não percebia muito bem o que era um livro triste e porque o classificavam assim. Percebi-o depois ...
Após a leitura, devo dizer que não é um livro triste, é uma tragédia! A história centra-se num amor impossível entre Simão e Teresa, ambos oriundos de famílias que se detestam mutuamente e que tudo fazem para impedir a relação entre ambos.
A leitura é b
...more
Joao Vaz
A história de Simão e Teresa, apaixonados e com ciúmes das horas que passavam separados. A história irónica e sangrenta dum romance cuja “perda de sangue não diminui as forças do coração”. Um desfecho infeliz e trágico com laivos Shakespearianos; mas mais exagerado, bem ao gosto dos nossos autores e cujo acento é reverberado pelas inflexões da nossa língua.

Um verdadeiro epíteto do movimento Romântico que faz jus à fama que alcançou junto dos Portugueses.
Joana
A partir do dia de hoje, sempre que me falarem em romance, este vai ser o primeiro livro em que pensarei.
Nunca tinha lido uma obra em que o Romantismo se encontrasse tão vincado como em "Amor de Perdição", de Camilo Castelo Branco. Em certos momentos, até me fez lembrar do trágico romance em "Romeu e Julieta".

Gostei do enredo, confesso. Mas faltou muita coisa, muito pormenor.
Gostei particularmente da "relação" entre Simão e Mariana, mas sinto, por exemplo, que faltou muita informação em relação
...more
L.C. Lavado
Este foi um daqueles livros horrivelmente denominados de "leitura obrigatória" no secundário.

Felizmente para mim, não me influênciou negativamente e eu adorei ler este livro!
Na minha opinião um dos melhores da literatura portuguesa.
Andreia Silva
Um clássico!
O amor pode fazer com que cometamos loucuras!
Pus-me a pensar se o Simão e a Teresa se conhecessem hoje em dia...
Porvavelmente não seria um amor de perdição...
Gostei!
Patricia Rodrigues
Antes de mais, a sinopse do livro que se encontra no Goodreads tem demasiados spoilers e eu caí no erro de a ler, em vez de ter lido a do livro :/
Foi o primeiro livro que li de Camilo Castelo Branco e apesar de tudo não me "encheu as medidas". Achei a escrita algo difícil e densa, devido à forma como o autor constrói as frases.
Quanto à história em si, e assim que li a sinopse, pensei "mas isto é a história do Romeu e Julieta portugueses?!" e realmente a história tem algumas parecenças e não mui
...more
Gabriela Melo
Simão Botelho e Teresa Albuquerque são uma tipica releitura do clássico de Shakespeare. Filhos de familiais rivais, ele vivem um amor proibido que tem o mesmo final do clássico inglês.
O pai de Teresa faz de tudo para separa-los. Ele coloca a filha em um convento e no dia em que ela seria transferida para lá, Simão aparece e briga com um primo dela, Baltasar. Nosso romenesco Simão acaba matando o primo e foge (coincidência, não?). Após fugir, ele se recupera na casa de um ferreiro, que possui uma
...more
Hugo Eduardo Azevedo Fialho
This review has been hidden because it contains spoilers. To view it, click here.
Soraia Ferreira
Acabei de ler amor de perdição. Sem duvida o melhor livro que li, por tudo o que uma verdadeira história de amor pode significar...
Há umas duas semanas q estava a um pouco do fim, mas nao o queria terminar. Todos os dias fui p a cama c ele, todos os dias o levei nos transportes, mas simplesmente eu não queria chegar ao fim, tinha medo do final! esta história mexeu e entrou tão de roupante na minha vida, que causou em mim um turbilhão de sentimentos , onde me perdi e cruzei a ficção com a minha r
...more
Abilio
Nesta obra, misto de poema, de novela e de tragédia, Camilo atinge a maturidade artística.
É uma obra equilibrada, com enredo conciso, sem episódios dispersivos, sem um número excessivo de personagens, quase sem considerações do autor, com uma linguagem adequada, substancialmente romântica, na correspondência trocada entre Simão e Teresa, mas saborosamente popular em João da Cruz, franca, viva, cheia de conceitos populares, e, por outro lado, intencionalmente irónica, caricatural, entre as freira
...more
Ana
I like love stories. I like drama and tragedy. I like romanticism. This book has all the 'ingredients' I love! No wonder I loved it too. It tells the story of an impossible love between Simão and Teresa. It reminds me a little bit of Romeo and Juliet. This book made me cry like crazy. The story is very romantic and really sad. The ending is heart-breaking, as one would expect from an author of romanticism. I recommend it to everyone who enjoys truly tragic love stories...
Filipe
Este é um livro de leitura obrigatória, escrito por um dos maiores escritores portugueses de sempre. A narrativa tem uma cadência acelerada e conta uma história de amor ao estilo de Romeu e Julieta, com a mesma categoria de Shakespeare. Muitos pensarão que é exagerada a comparação, mas na realidade não o é. Camilo Castelo Branco tem um domínio da língua portuguesa fora do normal e uma capacidade narrativa que hoje em dia já não existe.
Vasco Ribeiro
Este livro é um dramalhão, daqueles que, se ninguém nos estiver a ver, até nos faz chorar. O contexto em que Camilo o escreveu (Na prisão por, ele próprio, ter o seu drama de amor com Ana Plácido, que o levou a estar preso) explica a tenebrosa tristeza que rodeia o livro. E Camilo, eterno apixonado e eterno mentiroso, incute-nos que esta história triste (um pouco também a sua) não é produto da sua fértil imaginação, mas sim a mais crua e sofrida realidade, sofrida, aliás, por um parente seu, irm ...more
Moureco
Novela fatalista, com poucas soluções narrativas. Obra com toque crítico muito forte, uma agulha espetada no conservadorismo do Portugal de Novecentos. Camilo é sem dúvida um talento literário, mas não será esta a obra mais representativa desse talento.
Ana Pardal
Amor de Perdição é uma verdadeira tragédia romântica, um clássico da literatura portuguesa.

Considero importante lermos os clássicos portugueses, pois fazem parte da nossa história e da nossa cultura. Admito que não seja fácil lermos este tipo de livros, pois a forma de escrita é muito díspar da actual, mas é também por essa via muito mais enriquecedor.

Gostei. O livro tem uma fluidez no desenrolar da história que não estava à espera. O dramatismo exagerado da história faz-me questionar… Será efec
...more
Filipa
Um dos melhores livros portugueses que já li. Para não esquecer e reler.
Julie Rylie
tragic but lovely love story. reccomend it, vividly.
Joana Martins
Este livro não seria a minha primeira escolha mas como vou participar no Concurso Nacional de Leitura não tenho opção.
Os primeiros capítulos contêem muita informação que no meio meio da história não nos lembramos mas não posso negar que é uma má história.
A linguagem é o mais complicado do livro, temos de encarar a história ao ano em que foi escrita, 1862, confesso que é uma história muito deprimente porque fala muito da morte.
É um livro que aconselho mas a sua leitura deve ser feita de forma le
...more
djamb
Post completo em folhasdepapel.wordpress.com

Li este livro pela primeira vez no liceu, no âmbito das ‘leituras obrigatórias’ dos programas das aulas de Português. Adorei-o da primeira vez e, anos mais tarde, retirei esse meu livro com anotações das aulas da prateleira e aventurei-me novamente nas aventuras e desencontros de Simão e de Teresa. Terminei-o esta semana e o resultado foi o mesmo: adorei. Para além de ter gostado muito de rever a história, da qual me recordava muito vagamente, encontre
...more
Carolina
Não gostei muito deste livro. Quando leio Camilo tendo sempre a compará-lo com Eça de Queirós e normalmente considero Eça muito melhor! Desta vez não foi diferente.
Este livro foi uma leitura muito depressiva. Quando estava a ler senti todo o tipo de emoções más.
Não senti empatia com nenhuma personagem, o amor era demasiado exacerbado mesmo para um clássico, muito pouco original pois a história era praticamente (tirando o final) o Romeu e Julieta do século XIX, acontecimentos demasiado rápidos
...more
Ricardo Serra
Ha já vários anos que não lia um grande clássico da literatura portuguesa. E que bem que me soube ler este "Amor de Perdição"

Nunca tinha lido nenhuma obra de Camilo Castelo Branco, e gostei bastante. Obviamente que me lembrei dos meus tempos de adolescência quando li alguns romances de Eça de Queiroz, mas desde logo com uma grande diferença: Para meu espanto este magnifico romance só tinha, nesta edição, 224 páginas, bem mais sucinto e objectivo do que as já citadas obras de Eça das quais tanto
...more
Maria
Um clássico, sem duvida alguma.

Gosto pelo toque de intemporalidade que me trás, pelas lembranças dos tempos de escola.

Uma trama bem simples mas dramática, que como conclusão nos diz que um unico acto pode estragar uma evolução até áquela altura, bem conseguida.

Simão, cujo amor por Teresa o redimiu dos seus tempos de diletante pelas Luzes, em Coimbra, vê todo o seu trabalho desfeito numa noite malfadada.
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 99 100 next »
topics  posts  views  last activity   
Obra de Camilo Castelo Branco 3 28 Jun 19, 2014 03:18PM  
  • As Pupilas do Senhor Reitor
  • Contos
  • Eurico, o Presbítero
  • Viagens Na Minha Terra (Classicos da Literatura Portuguesa)
  • The Lusiads
  • Bichos
  • Mensagem - Poemas esotéricos
  • Sonetos
  • O Livro de Cesário Verde
  • Auto da Barca do Inferno
  • Aparição
  • A Confissão de Lúcio
  • A Fada Oriana
465498
Camilo Ferreira Botelho Castelo-Branco (1st Viscount de Correia Botelho), was born out of wedlock and orphaned in infancy. He spent his early years in a village in Trás-os-Montes. He fell in love with the poetry of Luís de Camões and Manuel Maria Barbosa de Bocage, while Fernão Mendes Pinto gave him a lust for adventure, but Camilo was a distracted student and grew up to be undisciplined and proud ...more
More about Camilo Castelo Branco...
A Queda dum Anjo A Brasileira de Prazins Eusébio Macário Amor de Salvação O Retrato de Ricardina

Share This Book

“Se viveres, um dia serás livre; a pedra do sepulcro é que nunca se levanta.” 4 likes
“Amou, perdeu-se e morreu amando.” 1 likes
More quotes…