Manhã Submersa
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating

Manhã Submersa

3.97 of 5 stars 3.97  ·  rating details  ·  356 ratings  ·  10 reviews
O despertar para a vida de uma criança, entre a austeridade da casa senhorial de D. Estefânia, a sensualidade da sua aldeia natal e o silêncio das paredes do seminário. Um jovem seminarista de 12 anos, é obrigado a ir para o seminário. E a história desenrola-se em torno das vivência e sentimentos que o jovem seminarista vai experimentando. Num ambiente negro, triste, ríspi...more
Paperback, 187 pages
Published 2008 by Quetzal Editores (first published 1953)
more details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about Manhã Submersa, please sign up.

Be the first to ask a question about Manhã Submersa

This book is not yet featured on Listopia. Add this book to your favorite list »

Community Reviews

(showing 1-30 of 562)
filter  |  sort: default (?)  |  rating details
André Benjamim
manhã submersa, de Vergílio Ferreira. O meu exemplar perdeu a tinta, nas dobras da capa e da contracapa com a lombada, e nas dobras das badanas com a capa e contracapa. É um exemplar da Bertrand Editora, tal e qual o da imagem acima; em cima o nome do autor a branco, em letras garrafais, sensivelmente a meio o título da obra, a verde, em minúsculas, ao fundo o logótipo e o nome da editora. É uma capa simples, e gasta.

Comprei-o numa tarde estival de início de Outubro, num ano em que o Verão se pr...more
Ruasesamo
Virgílio Ferreira é um daqueles escritores que não nos contam histórias, fazem-nos senti-las. É precisamente o que acontece em 'Manhã Submersa', o drama de um adolescente que cresce ao sabor de um destino que não escolheu: o de ser padre. A narrativa é sublimemente contada anos mais pelo próprio Borralho, através do seu livro de memórias, e a habilidade que o escritor tem de nos fazer sentir a mesma dor que o protagonista sente gera uma inegável empatia entre personagem e leitor.

O livro pode mui...more
Maria Carmo
This is an incredible biography of a yo9ung man studying to become a Priest, who goes through a process of self awakening that eventually will question his faith and lead him to go out of the Seminar and into the world. Issued from a modest family of a small village in the Portuguese region of "Serra da Estrela" (the highest mountain, usually one of the few places of Portugal that regularly is covered in snow during the Winter, the book is also a biography of the Author as a young man. There are...more
Vasco
É maravilhosa a capacidade de certos escritores em captar, de forma tão apurada e precisa, toda uma mentalidade, toda uma cultura vigentes em determinado contexto.

Essa realidade é perscrutada através do universo interno do personagem e, assim, a história brota naturalmente a partir da colisão dos mundos.

Mais do que uma história, superiormente contada, mais do que um conjunto de personagens profundos e de descrições magistrais, esta obra suplanta o neo-realismo do Mestre Vergílio Ferreira e col...more
Isa Lisboa
Também um dos meus autores favoritos, pelo uso de uma certa "filosofia" nos seus romances.
Este livro é um dos meus favoritos deste autor.
Mariana
Has bought the (rare) film in DVD for the multimedia experience.
http://www.imdb.com/title/tt0081113/?...
Raquel
Vergílio Ferreira chegou à minha vida para ficar, ao que parece. 'Manhã Submersa' é uma obra de extraordinária profundidade - é bem mais do que se vê à superfície e exige bem mais do que apenas uma leitura para ser minimamente compreendido. Vai ser o objecto de estudo da minha dissertação de mestrado, por isso não quero alongar-me nesta exposição. Contudo, há coisas que têm de ser ditas.

http://leiturasmarginais.blogspot.pt/...
Mónica
This was a peculiar book. I had to read it for class, suggested by my teacher. At first I was a bit hesitant but I have to say, this book suprised me a lot.

The author shows the reality of life at that rime in a very interestnig way and also, in a cold and direct way, shows us how life was for the main character (that is partially based on the author himself).

The entire story and the plot was very calm but, at the same time, bitter. It is not a happy book but that doesn't mean it's bad, it's ve...more
Inês Miranda
da misantropia ao desespero por alguma alegria com os outros, este livro são os credos do prazer próprio, da indução pecaminosa do prazer. Tudo num mar de frustração e de Deus.
Noelle
Foi para mim uma leitura mais agradável que "A aparição" do mesmo autor. Senti simpatia e solidariedade para com o personagem principal.
Bárbara
Bárbara marked it as to-read
Aug 20, 2014
Mariana Lemos
Mariana Lemos marked it as to-read
Aug 05, 2014
Ana
Ana marked it as to-read
Aug 04, 2014
André
André marked it as to-read
Aug 03, 2014
Nancy Wilde
Nancy Wilde is currently reading it
Aug 02, 2014
Sílvia Mourão
Sílvia Mourão marked it as to-read
Jul 28, 2014
Carlos Henrique
Carlos Henrique marked it as to-read
Jul 27, 2014
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 18 19 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
  • Eurico, o Presbítero
  • A Queda dum Anjo
  • A Confissão de Lúcio
  • Contos
  • A Morgadinha dos Canaviais
  • Bichos
  • A Sibila
  • Levantado do chão
  • The Implacable Order of Things
  • De Profundis, Valsa Lenta
  • Um Rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra
  • Sermão do Santo António aos Peixes
  • Uma Viagem à India
  • A Máquina de Fazer Espanhóis
560047
VERGÍLIO FERREIRA nasceu em Gouveia, a 28 de Janeiro de 1916. Seminarista no Fundão, licenciou-se depois em Filologia Clássica na Universidade de Coimbra e foi prof. liceal em Faro, Bragança, Évora e Lisboa (desde 1959). Ficcionista e pensador, estreou-se com o romance O Caminho Fica Longe (1943) e o ensaio Sobre o Humanismo de Eça de Queirós (1943). Escritor dos mais representativos das letras po...more
More about Vergílio Ferreira...
Aparição Para Sempre Cartas a Sandra Em Nome da Terra Até ao Fim

Share This Book

“(...) o peso da dor nada tem que ver com a qualidade da dor. A dor é o que se sente. Nada mais. Desisto definitivamente de me iludir com a minha força de adulto sobre o peso de uma amargura infantil. Exactamente porque toda a vida que tive sempre se me representa investida da importância que em cada momento teve. Como se eu jamais tivesse envelhecido. Exactamente porque só é fútil e ingénua a infância dos outros - quando se não é já criança.” 12 likes
More quotes…