Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “Sangue Asteca” as Want to Read:
Sangue Asteca
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

Sangue Asteca

by
4.37  ·  Rating Details ·  41 Ratings  ·  7 Reviews
Em 1530, depois de Hernán Cortés quase extinguir o povo
Asteca, o Rei de Espanha, ordena ao bispo do México que
lhe faculte informação acerca dos costumes do povo Asteca.
O bispo, frei Juan de Zumárraga, redige um documento
baseado no testemunho de um ancião. Um homem humilde
e submisso que vai chocar a moralidade e os preconceitos
do mundo civilizado. O nome dele é Mixtli - Nuv
...more
Capa Mole, 544 pages
Published 2008 by Saída de Emergência
More Details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about Sangue Asteca, please sign up.

Be the first to ask a question about Sangue Asteca

This book is not yet featured on Listopia. Add this book to your favorite list »

Community Reviews

(showing 1-30)
filter  |  sort: default (?)  |  Rating Details
Natacha Martins
Mar 14, 2015 Natacha Martins rated it really liked it
Shelves: 2015
E passados 3 anos volto à obra-prima de Gary Jennings e conheço finalmente toda a história de Mixtli, o ancião que conta, a pedido do próprio Rei D. Carlos, a religiosos espanhóis a história da civilização Asteca, as origens, os costumes e a forma como foram conquistados pela frota de Hernán Cortés.
Neste segundo volume, Mixtli, agora um homem casado e feliz, com Zyanya, a única mulher que alguma vez amou, continua o relato das suas aventuras pelo Mundo Único e mais além. Conhecidas as suas extra
...more
Rodrigo Oliveira
Dec 05, 2011 Rodrigo Oliveira rated it really liked it
Shelves: 2011
Em primeiro lugar, realço pela negativa a qualidade da tradução/revisão feita nesta edição (1ª se não estou em erro). São tantas, mas tantas as gralhas que se encontram no livro que irritam até o mais calmo leitor. É inadmissível, numa obra desta natureza e de elevada qualidade, deixarem passar tantas gralhas, tantos erros e tantas "más construções" de frases. Simplesmente inadmissível!

Quanto à obra, excelente. Depois de no primeiro volume nos ter sido apresentado Mixtli e ter sido feita a descr
...more
Magda Pais
May 04, 2015 Magda Pais rated it it was amazing
Shelves: my-own, 2015
Depois de ler Orgulho Asteca as espectativas estavam bastante elevadas para o Sangue Asteca, onde continuei a acompanhar a vida de Mixtli e, ao mesmo tempo, a ascensão e queda dos Astecas, essa mítica e avançada civilização que foi esmagada – literalmente – pelos espanhóis, fosse através da brutalidade de Cortés, da estupidez de Moctezuma ou (mais importante) pelas doenças do chamado mundo civilizado para as quais os Astecas não tinham qualquer defesa.
Não me desiludi. Este segundo livro, tão int
...more
Célia
"Sangue Asteca" é a segunda metade do original "Aztec", um romance histórico que se debruça sobre o auge e o fim da civilização asteca, contadas pela voz de um nativo que assistiu a este período da história do seu país.

Não me canso de elogiar a pesquisa subjacente a esta obra, que é a todos os títulos notável. O retrato dos astecas é muito completo: os usos e costumes, a variedade de povos dentro do chamado Mundo Único, a hierarquia política, as cidades, etc. etc. É como entrar numa máquina do t
...more
Justsmile91
May 25, 2016 Justsmile91 rated it really liked it
Depois de ter lido Orgulho Asteca, meti-me nas páginas do segundo livro da saga. Muitas das palavras endereçadas ao primeiro livro poderão ser aplicadas ao segundo, desde da descrição de paisagens, até aos sacrifícios mais carnais. No entanto, neste novo volume do livro vê-se a idade passar e se anteriormente Mixtli se tinha safado de todas as emboscadas, de todas as aventuras e ultrapassado a morte, desta vez as coisas não correm bem. Mixtli continua a contar a história do Mundo Único aos ...more
Tempo de Ler
Jun 30, 2012 Tempo de Ler rated it liked it
{Blog} http://tempodler.blogspot.pt/2012/06/...

A história do Império Asteca, um dos mais mitificados e incompreendidos de sempre, não pode ser senão magnífica. Em Orgulho Asteca e Sangue Asteca, Gary capta a intensidade deste povo, sendo notável a profunda pesquisa realizada pelo escritor sobre os vários aspetos que constituem esta civilização…e a sua extinção, em 1521.
A minuciosidade da escrita de Jennings transporta-nos para os locais que descreve, criando cenários possantes - locais onde ocor
...more
Armando
Armando rated it really liked it
Jul 13, 2013
Pedro
Pedro rated it really liked it
Apr 24, 2012
Joao Santos
Joao Santos rated it liked it
Feb 19, 2016
Armand Cordova
Armand Cordova rated it it was amazing
Feb 28, 2013
Luís
Luís rated it it was amazing
Dec 03, 2014
Arthur Mora
Arthur Mora rated it it was amazing
Feb 09, 2013
Rui Bastos
Rui Bastos rated it it was amazing
May 30, 2010
Pedro Carneiro
Pedro Carneiro rated it really liked it
Oct 18, 2011
Khordofon
Khordofon rated it it was amazing
Jul 13, 2016
José Luís Elvas
José Luís Elvas rated it it was amazing
Mar 24, 2011
Vinicius
Vinicius rated it it was amazing
Jan 05, 2016
Ana Rita Cruz
Ana Rita Cruz rated it it was amazing
Dec 13, 2015
Pedro
Pedro rated it it was amazing
Nov 09, 2013
Bugsy
Bugsy rated it liked it
Feb 05, 2015
Ren400
Ren400 rated it it was amazing
Jan 05, 2013
Ritiel
Ritiel rated it it was amazing
May 24, 2012
Szaby
Szaby rated it it was amazing
Jul 22, 2016
Túlio Gonçalves
Túlio Gonçalves rated it really liked it
Apr 26, 2016
Arthur Mora
Arthur Mora rated it it was amazing
Feb 09, 2013
Artur
Artur rated it really liked it
Sep 13, 2012
Patricia Ferreira
Patricia Ferreira rated it liked it
Jul 01, 2015
Eunice Silva
Eunice Silva rated it liked it
Aug 11, 2012
Andre
Andre rated it it was amazing
May 30, 2013
« previous 1 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
37766
Gary Jennings led a paradoxically picaresque life. On one hand, he was a man of acknowledged intellect and erudition. His novels were international best sellers, praised around the world for their stylish prose, lively wit and adventurously bawdy spirit. They were also massive - often topping 500,000 words - and widely acclaimed for the years of research he put into each one, both in libraries and ...more
More about Gary Jennings...

Share This Book



No trivia or quizzes yet. Add some now »