Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “As Esquinas do Tempo” as Want to Read:
As Esquinas do Tempo
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

As Esquinas do Tempo

3.65 of 5 stars 3.65  ·  rating details  ·  158 ratings  ·  15 reviews
Quando Margarida chegou à Casa da Azenha teve aquela sensação, não desconhecida mas sempre inquietante, de já ter estado ali.

Margarida é uma jovem professora de Matemática. Um dia vai a Vila Real proferir uma palestra e fica hospedada num turismo de habitação, casa antiga muitíssimo bem conservada e onde, no seu quarto, está dependurado o retrato a óleo de um homem que se
...more
Hardcover, 206 pages
Published 2008 by Porto Editora
more details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about As Esquinas do Tempo, please sign up.

Be the first to ask a question about As Esquinas do Tempo

Os Maias by Eça de QueirósAuto da Barca do Inferno by Gil VicenteFelizmente Há Luar! by Luís de Sttau MonteiroFrei Luís de Sousa by Almeida GarrettA Lua de Joana by Maria Teresa Maia Gonzalez
Livros Portugueses - O que já li...
94th out of 897 books — 279 voters
Jardim de Alfazema by Jude DeverauxAs Serviçais by Kathryn StockettLooking for Alaska by John GreenLivro by José Luís PeixotoA Rainha Vermelha by Philippa Gregory
Leituras de 2011
33rd out of 43 books — 7 voters


More lists with this book...

Community Reviews

(showing 1-30 of 242)
filter  |  sort: default (?)  |  rating details
Fernanda
:)
adorei esta historia!

Uma estreia na autora e posso dizer uma estreia feliz.
Soube-me mesmo bem, ler esta historia, engraçada e tambem com um certo dramatismo.
Rosa Lobato de Faria, tras-nos uma viajante no tempo, onde o presente se entrelaça com o passado para de algum modo nos revelar os mistérios e os segredos de uma familia tradicional.

Margarida é essa viajante que descobre no passado o grande amor de sua vida e o revê no "seu" presente.
No passado "encarna" na pessoa de sua bisavó e toma enta
...more
Ana
Apr 04, 2015 Ana added it
Shelves: portugueses
Este foi o quarto romance que li da autora e foi também o que menos me surpreendeu, não creio que seja por este universo da escritora já me ser familiar, mas por não ter encontrado a poesia dos outros livros. Pode muito bem ser falha minha, coisa de má achadora, mas a única poesia que descobri foi mesmo no conceito das esquinas do tempo, nesta ideia (embora não seja original) de um tempo que se dobra, que tem arestas que são transpostas por viajantes involuntários. De resto, a história em si não ...more
Carla Soares
Romance suave que se vai insinuando e, na sua aparente simplicidade, acaba por viciar. Achei o fim muito bonito, embora peculiar.
Foi o meu primeiro livro desta autora, mas não o último.
Nuno Chaves
É um livro um pouco na linha de «A Trança de Inês», embora não tão confuso. com as duas ou tres histórias paraleas da personagem central Margarida. confunde um pouco o leitor ja depois do meio livro lido, com os personagens com o mesmo nome, nas diferentes épocas da narrativa. o final é insipido, um pouco sem graça e um pouco apressado. acabamos por não perceber muito bem, afinal a margarida viaja ou não no tempo? A Margarida é ou não doida Varrida? A Margarida sofre de Alzeimer? perguntas que a ...more
Maria Carmo
Traveling in time, the main character finds herself thrown back one century until she meets her lover at that point in past time... Characters find themselves again in different settings, life so different before the advent of electricity and hot water slowly become not only acceptable, but enchanting, as an escape from the noisy, busy life on the twenty first century...
The Author has a fluid and rhythmic style and carries the reader through different gaps in time in a poetic movement of her pen
...more
David Pimenta
Este livro contém um significado especial para mim, já que foi um dos que despertou a paixão pela leitura. Oferecido por uma das minhas melhores amigas à dois anos que resultou numa cara de descontentamento. Mas revelou-se uma surpresa.
Quando vi a notícia da morte de Rosa Lobato de Faria fiquei triste.
Nunca se esquece dos livros com que começámos verdadeiramente a ler e esta Esquinas do Tempo é uma boa história.
Maria João
9 de 10*

Sou suspeita, porque adoro esta autora, que infelizmente já não irá escrever mais nenhuma obra (faleceu a 02 de Fevereiro de 2010). Este livro é um pouco confuso, mas uma história bela, de amor intemporal e que explica essa "coisa" chamada destino. Atravessando gerações, a Margarida da actualidade entende o que é o amor, e percebe que esse sentimento é tão forte porque não nasceu apenas nesta vida...

Comentário em:
http://abibliotecadajoao.blogspot.pt/...
Carmen Rodrigues
Magnífico! O meu primeiro livro desta autora mas não o último.
Mira, a escriba
Gostei muito de todo o enredo e, especialmente, do entrelaçar do passado e do presente. Achei brilhante e escrita de uma forma bastante inteligente, os saltos temporais e o próprio desvendar dos mistérios, que sendo feito lentamente faz com que o leitor anseie por mais. Atrevam-se a perder nos corredores do tempo!
(Opinião completa)
...more
Megelsa
Conhecendo o talento da autora como actriz e compositora, estava desejosa de ler algo seu.
Fui positivamente surpreendida pela narrativa fluida e uma história bastante peculiar. E pronto... assim me evadi pelas esquinas do tempo com a Margarida.
Gostaria que o final tivesse sido um pouco mais aprofundado, mas gostei.
Uma boa leitura que me deixou com vontade de ler mais livros da autora.
Jojo
Mar 10, 2013 Jojo rated it 4 of 5 stars
Shelves: own
As Esquinas do Tempo é um livro pequeno que, suavemente, nos seduz com a sua escrita poética e viagens temporais que se expandem pelos séculos. Ler Rosa Lobato de Faria é ser invadida pela sensação de leveza e pela borbulhante paixão das personagens e, este livro não é a excepção à regra.
Opinião completa em: http://devaneiosdajojo.blogspot.pt/20...
DonQuijote
La idea de viajar en el tiempo está muy bien planteada, muy bonita, dentro de la misma familia, la misma gente… pero el final lo veo precipitado, muy típico de novela romántica. Claro que no tenía por qué ser una novela histórica, pero haber profundizado más en aquellas épocas, hubiese estado bien
Stan
It's an easy and not unenjoyable, but ultimately not very rewarding. Seemed a bit to "chicklit" for my tastes.
Paulo Coutinho
Gostei muito, mesmo! É bem escrito, tem alguns toques de humor e uma história que nos agarra.
Patrícia
Este livro foi uma óptima surpresa. adorei
Catarina Marques
Catarina Marques marked it as to-read
Jun 28, 2015
Carla
Carla marked it as to-read
Jun 27, 2015
Juliana58
Juliana58 marked it as to-read
Jun 07, 2015
Raquel
Raquel marked it as to-read
Jun 04, 2015
Silvana
Silvana marked it as to-read
Apr 28, 2015
Filipa Cabaça
Filipa Cabaça marked it as to-read
Apr 28, 2015
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
  • La vida cuando era nuestra
  • O Filho de Mil Homens
  • Milagrário Pessoal
  • Summer School
  • A Viela da Duquesa
  • As Pupilas do Senhor Reitor
  • Quando Lisboa Tremeu
  • Elle & lui
  • Debaixo de Algum Céu
  • O Mundo Em Que Vivi
  • Le diable en rit encore, 1944-1945 (La bicyclette bleue, #3)
  • Contos
  • Les dix enfants que madame Ming n'a jamais eus (Le Cycle de l'invisible, #6)
  • As rosas de Atacama
  • Um Rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra
  • Alma Rebelde
  • O Homem de Constantinopla (Kaloust Sarkisian, #1)
  • El haiku de las palabras perdidas
1084228
ROSA LOBATO DE FARIA nasceu em Lisboa, a 20 de Abril de 1932. Estreou-se nas letras com o volume de poemas Os Deuses de Pedra (1983), tendo publicado depois As Pequenas Palavras (1987), Memória do Corpo (1992) e A Gaveta de Baixo (1999). Ficcionista, publicou O Pranto de Lúcifer (1995), Os Pássaros de Seda (1996), Os Três Casamentos de Camila S. (1997), Romance de Cordélia (1998), O Prenúncio das ...more
More about Rosa Lobato de Faria...
A Trança de Inês O Prenúncio das Águas Os Três Casamentos de Camilla S Os Pássaros de Seda A Alma Trocada

Share This Book

“Foi mais uma tarde de loucura e de sonho e, fosse qual fosse a faixa do tempo em que se encontrassem, sentiram-se, como todos os amantes, fora de qualquer espaço e de qualquer tempo. Fizeram um amor sagrado, um amor profano, um amor devoto, um amor transgressor, um amor nómada, um amor sedentário, um amor viajante, um amor de bichos, um amor de deuses."

Um homem precisa de liberdade para depois apreciar o conforto da casa.”
5 likes
More quotes…