Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “Preconceito Linguístico” as Want to Read:
Preconceito Linguístico
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

Preconceito Linguístico

3.95  ·  Rating Details  ·  189 Ratings  ·  9 Reviews
O preconceito lingüístico está ligado, em boa medida, à confusão que foi criada, no curso da história, entre língua e gramática normativa. Nossa tarefa mais urgente é desfazer essa confusão. Uma receita de bolo não é um bolo, o molde de um vestido não é um vestido, um mapa-múndi não é o mundo... Também a gramática não é a língua. A língua é um enorme iceberg flutuando no m ...more
Paperback, 186 pages
Published June 2007 by Edições Loyola (first published 1999)
More Details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about Preconceito Linguístico, please sign up.

Be the first to ask a question about Preconceito Linguístico

This book is not yet featured on Listopia. Add this book to your favorite list »

Community Reviews

(showing 1-30 of 288)
filter  |  sort: default (?)  |  Rating Details
Thiago André
Aug 25, 2014 Thiago André rated it really liked it
"o conhecimento mecânico da doutrina gramatical se transformou num instrumento de discriminação e de exclusão social. “Saber português”, na verdade, sempre significou “saber gramática”, isto é, ser capaz de identificar — por meio de uma terminologia falha e incoerente — o “sujeito” e o “predicado” de uma frase, pouco importando o que essa frase queria dizer, os efeitos de sentido que podia provocar etc.
Transformada num saber esotérico, reservado a uns poucos “iluminados”, a “gramática” passou a
...more
Augusto
Mar 30, 2009 Augusto rated it it was amazing
Shelves: li-gu, português
Existe uma regra de ouro na Lingüística que diz: "só existe língua se houver seres humanos que a falem".E o velho e bom Aristóteles nos ensina que o ser humano "é um animal político". Usando essas duas afirmações como os termos de um silogismo (mais um presente que ganhamos de Aristóteles), chegamos à conclusão de que "tratar da língua é tratar de um tema político", já que também é tratar de seres humanos. Por isso, o leitor e a leitora não deverão se espantar com o tom marcadamente politizado d ...more
Joao
Oct 28, 2010 Joao rated it did not like it
Resume-se o livro pelas primeiras palavras da página 104: um festival de asneiras.
Diegomf
Mar 08, 2015 Diegomf rated it it was amazing
Uma das coisas mais importantes que eu já li sobre linguagem e práticas culturais em muito tempo. O Bagno é meio exagerado em quase tudo que ele faz, mas seu ataque ao preconceito linguístico e ao apelo à norma culta e insípida é tão visceral e convincente que é impossível não se render.

Como eu queria ter lido isso há uns dez anos atrás.
Amanda Alexandre
Ainda me falta ler uma obra politizada que não incorresse em um pouco de hipocrisia... mesmo que concorde em geral com suas ideias. A razão é óbvia: partindo de seu próprio viés, o autor escolhe quais críticas cabem a seus oponentes, e quais delas não cabem a si próprio. Tendenciosismo político? Isso é para os outros.

Exemplo? Logo no começo, Bagno alerta que não há como se falar em preconceito linguístico sem incorrer em política. De onde eu vim isso se chama “não quero analisar os dados de form
...more
Maria Fernanda  Gonzalez
Em primeiro lugar, não leia esse livro se você estiver se preparando para algum concurso ou para prestar o vestibular, ou qualquer outra coisa que ainda cobre a tal "norma culta" da língua. O ataque que o autor faz é tão convincente que vai ficar ainda mais doloroso ter que voltar aos exercícios de gramática depois de ler esse livro. Experiência própria, gente, vai por mim.

Embora eu tenha concordo com praticamente todas as ideias que Marcos Bagno apresenta aqui, não posso deixar de criticar um p
...more
Rafael Parreira
Sep 26, 2012 Rafael Parreira rated it it was amazing
Paguei R$16 na Bienal do Livro de SP e o retorno que esse livro me trouxe é imensurável. Sempre prezei pela boa escrita e boa fala, mas não me importava quando alguém falava ou escrevia "errado", embora, internamente, corrigisse a pessoa. Essa obra despeja conhecimento científico e evidências claras de que a língua é algo vivo e não existe uma língua "certa, culta, formal", isso é mais uma forma de segregar ricos e pobres, opressores e oprimidos. O autor dá ótimos exemplos e mostra que, mesmo qu ...more
Vinícius Cavalcanti
Oct 30, 2015 Vinícius Cavalcanti rated it really liked it
Shelves: non-fiction
Preconceito Linguístico é uma ótima obra de Marcos Bagno que discute e desconstrói noções comuns que temos sobre o português brasileiro, desde a ideia de que falamos um português errado até a discussão de algumas variantes linguísticas, como a troca do L pelo R. A obra é simples e objetiva, porém senti falta de mais informações e abordagens sobre o tema.
Eduardo Brasil
Jan 31, 2008 Eduardo Brasil rated it really liked it
Com ar de denúncia, linguagem clara reflexões astutas, Marcos Bagno extrai todo e qualquer preconceito da boca de toda e qualquer pessoa. PENA QUE A LECA PEDIU EMPRESTADO E NUNCA ME DEVOLVEU - PUTINHA!
Betina Rodrigues
Betina Rodrigues rated it liked it
Jul 22, 2016
Kiko Zorowich
Kiko Zorowich rated it liked it
Jul 17, 2016
Rafael Parisi Abdouch
Rafael Parisi Abdouch rated it really liked it
Jul 06, 2016
Laura Tavares
Laura Tavares marked it as to-read
Jul 06, 2016
Dani
Dani marked it as to-read
Jul 04, 2016
Matheus
Matheus marked it as to-read
Jun 27, 2016
Nana
Nana rated it liked it
Jun 25, 2016
Felipe Cardoso
Felipe Cardoso marked it as to-read
Jun 20, 2016
Helen Almeida
Helen Almeida rated it it was amazing
Jun 20, 2016
Marcella Fubá
Marcella Fubá marked it as to-read
Jun 12, 2016
Larissa
Larissa marked it as to-read
Jun 10, 2016
Laís Arjona
Laís Arjona rated it really liked it
Jun 09, 2016
Klenny Amorim
Klenny Amorim rated it it was amazing
Jun 07, 2016
Lais Flores
Lais Flores marked it as to-read
Jun 07, 2016
Bernardo Machado
Bernardo Machado marked it as to-read
Jun 06, 2016
lisa
lisa marked it as to-read
Jun 05, 2016
Lari
Lari rated it it was amazing
Jun 03, 2016
Guillermo Madiel
Guillermo Madiel marked it as to-read
May 31, 2016
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 10 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
  • O Povo Brasileiro: A Formação e o Sentido do Brasil
  • O Arquipélago - Volume III
  • Dentes guardados
  • 1968: O Ano Que Não Terminou
  • A Bolsa Amarela
  • Flicts
  • O Caderno Rosa de Lori Lamby
  • The Cinderella Complex: Women's Hidden Fear of Independence
  • Problems from Philosophy
  • Pornopopéia
  • A Alma Encantadora das Ruas
  • Chico Bento: Pavor Espaciar
  • Cinzas do Norte
  • Chatô, O Rei do Brasil
  • Éramos Seis
  • Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século
  • O Livro das Religiões
  • Bossa Nova: The Story of the Brazilian Music That Seduced the World
98006
Marcos Araújo Bagno é um intelectual1 , professor, doutor em filologia, linguista e escritor brasileiro.
É professor do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução da Universidade de Brasília, doutor em filologia e língua portuguesa pela Universidade de São Paulo, tradutor, escritor com diversos prêmios e mais de 30 títulos publicados,2 entre literatura e obras técnico-didáticas. Atua mais espe
...more
More about Marcos Bagno...

Share This Book