Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “Granta Portugal 1: Eu” as Want to Read:
Granta Portugal 1: Eu
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

Granta Portugal 1: Eu

4.01  ·  Rating Details ·  142 Ratings  ·  20 Reviews
Sob a égide temática «Eu», o primeiro número da edição portuguesa, publicado pela tinta-da-china, inclui cinco sonetos inéditos de Fernando Pessoa, apresentados pelos investigadores Jerónimo Pizarro e Carlos Pitella-Leite; um inédito de Hélia Correia; um texto de Saul Bellow repescado da congénere britânica e um portefólio fotográfico de Daniel Blaufuks.
Paperback, 301 pages
Published May 24th 2013 by tinta-da-china
More Details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about Granta Portugal 1, please sign up.

Be the first to ask a question about Granta Portugal 1

This book is not yet featured on Listopia. Add this book to your favorite list »

Community Reviews

(showing 1-30)
filter  |  sort: default (?)  |  Rating Details
Teresa
Nov 13, 2015 Teresa rated it liked it
Shelves: n-portugal, g-contos, e3
O primeiro número da revista Granta, cujo tema é a primeira pessoa do singular, engloba vários contos originais de autores nacionais e estrangeiros. Alguns textos são muito bonitos, outros nem por isso...
Gostei, e muito, de apenas quatro. E, curiosamente, são todos de autores portugueses, aos quais, ultimamente, tenho dado pouca atenção. Uma falha a corrigir...

Em Busca D'eus Desconhecidos, de Dulce Maria Cardoso
Duma forma cativante, a escritora faz uma análise do "EU" de cada um de nós e o que o
...more
Luís Paz da silva
Dec 05, 2013 Luís Paz da silva rated it really liked it
Shelves: magazine
Nota prévia importante: assinei a revista, mesmo antes de ler o primeiro número. Mesmo que não prestasse para nada; e presta. Para quem gosta de ler, projectos desta natureza têm de ser patrocinados, suportados, acarinhados. Não por subsídios, mas por leitores. A literatura é para ser comprada, como as cebolas e a roupa interior, é um produto de primeira necessidade. E deve ser paga para que quem escreve e quem publica, possa escrever e publicar mais - e se possível, melhor. Por isso, já tenho ...more
Ana
Jan 09, 2016 Ana added it
O meu texto preferido é o último, do Valter Hugo Mãe, exatamente por onde comecei a ler isto. O do Afonso Cruz também me chamou a atenção, já conhecia as personagens de outras paragens (A Boneca de Kokoschka), mas achei um bocado enfadonho. Gostei dos poemas do Pessoa, especialmente dos originais com a sua caligrafia. A surpresa: Diário de um fumador de Simon Grey - não estava nada à espera, muito bom! Há mais um ou outro que gostei, mas já foi há tanto tempo que não me lembro. Creio que um era ...more
Margarida
Aug 21, 2013 Margarida rated it really liked it
No geral, gostei da maioria das histórias, 4 delas levam a pontuação máxima, 5*. Temos 14 autores, entre eles um fotógrafo e apenas 3 mulheres. não consegui ler até ao fim duas histórias, curiosamente de 2 mulheres, uma portuguesa e outra estrangeira (não é difícil chegar aos nomes, visto eu ter gostado muito da primeira história). Isto quer dizer o quê? que existe uma escrita feminina, mais complexa e densa? pois foi isso que achei dessas duas histórias, não me cativaram, li as primeiras ...more
João
Nov 05, 2013 João rated it really liked it
Gostei bastante de Dulce Maria Cardoso, Saul Bellow, Ricardo Felner, Kapuscisnky e Pamuk. Interessante (até certo ponto) os inéditos do Pessoa. Desilusão, a Hélia Correia, cujo texto parece forçado, escrito por encomenda. Grande surpresa, o Felner, não só pela inteligência com que aborda o tema "Eu", pela escrita fluente ou pela estrutura "diarística", mas sobretudo por ter conseguido ser tão português e tão atual. De um modo geral, o #1 cumpriu: nunca tinha lido Kap nem Pamuk e descobri o ...more
Monica
Jul 24, 2013 Monica rated it it was amazing
Quando o tempo que se arranja para pegar num livro é irregular e quase sempre breve, a Granta é perfeita. Ansiosamente à espera da próxima.
Ana
Feb 18, 2014 Ana rated it liked it
Não li todos os contos desta revista/antologia (que me parece que, em si mesmos, não sabe bem o que é em termos de formato, mas isso não é o mais importante). Acabei por desfrutar os primeiros textos, até meio do livro, não tendo lido os últimos e maiores. Do que li gostei muito e achei que eram textos com bastante qualidade. Já o portefólio do Daniel Blaufuks não me cativou por aí além, embora entenda porque é tão afamado. Por outro lado as ilustrações da Vera Tavares são muito boas!

Ficam agora
...more
Victor
Jul 11, 2013 Victor rated it it was amazing
Absolutamente imperdível. Textos maravilha. Até o Valter Hugo Mãe tem um excelente texto, quase apetece dizer-lhe: deixa de escrever as merdas romanceadas que vendes às massas, e dedica-te a um registo biográfico na primeira pessoa (como na Granta)! Fiquei 'cliente' da revista. Pena ter de esperar 6 meses pelo próximo número...
Miguel
May 27, 2013 Miguel rated it really liked it
Um excelente primeiro número da edição portuguesa de uma das revistas literárias mais prestigiadas do mundo literário anglo-saxónico.
Filipa
Um primeiro grande número, com Pessoa e seus poemas, bons contos, bons autores e boas fotografias. Venham mais.
Alexandre Santos
Oct 01, 2013 Alexandre Santos rated it liked it
average
Victor Hugo
Sep 03, 2014 Victor Hugo rated it liked it
Posso afirmar que para primeira edição da Granta Portugual, não está nada mal. Nada mal mesmo! Na estreia andei cego e confesso que desprezei-a. No entanto, passado sensivelmente um ano, eis que o desejo de a ler cresceu dentro de mim e fiz tudo para ter a Granta Portugal #1: Eu.

O "Eu" é, nesta edição, o ponto de partida para a escrita, para o texto e para o leitor - a inspiração desta edição. A maioria dos textos são muito bons, e dão um imenso prazer aos leitores. Claro que há destaques, e mui
...more
Opheliac
Nov 21, 2013 Opheliac rated it it was ok
Shelves: borrowed
Após uma grande expectativa da minha parte, a desilusão não tardou em chegar: tirando uns três ou quatro contributos, realmente bons, os demais limitam-se a serem algo desinteressantes (a minha opinião), ou ao já habitual pretensiosismo na escrita, característico de alguns autores portugueses. É relativamente triste, tinha tanto potencial. Bom trabalho fotográfico, no entanto.
Ines
Jul 22, 2013 Ines rated it liked it
Some of the short stories are excellent. Made me wish there was a "to be continued". However, others seem to be too transcendental to me. The text was so condensed at some point that it was simply hard to follow.
Joana Ribeiro
Aug 09, 2015 Joana Ribeiro rated it really liked it
Os textos de Dulce Maria Cardoso e Rachel Cusk surpreenderam-me pela positiva. Tive, inclusive, oportunidade de expressar o meu agrado à autora portuguesa aquando da noite da literatura europeia.
Sónia  Teixeira
Jun 02, 2013 Sónia Teixeira rated it it was amazing
Um grande primeiro número. Afinal gosto da escrita do Valter Hugo Mãe. E viva o Saul Bellow e Orhan Pamuk. E acredito nos novos valores literários em Portugal :-)
Leonor
Nov 24, 2013 Leonor rated it liked it
Shelves: contos
Uns contos melhores do que outros. "Em busca D'Eus desconhecidos" de Dulce Maria Cardoso, é uma maravilha.
Nuno Guimarães
Aug 26, 2014 Nuno Guimarães rated it really liked it
O primeiro número da granta Portugal é uma grande notícia para todas as pessoas que gostam de ler. É uma óptima oportunidade para conhecer novos autores que nos foram passando ao lado. Já assinei!
João Barros
João Barros rated it it was amazing
Oct 05, 2016
Catarina
Catarina rated it it was amazing
Jul 07, 2015
Silvia Souza
Silvia Souza rated it really liked it
Oct 02, 2015
António
António rated it really liked it
Dec 21, 2014
Manuel
Manuel rated it really liked it
Jun 06, 2013
Fernando
Fernando rated it really liked it
Sep 06, 2013
Pedro Ferreira
Pedro Ferreira rated it it was amazing
Aug 22, 2014
Helena
Helena rated it really liked it
Oct 03, 2013
Mpc
Mpc rated it it was amazing
Feb 20, 2015
Rafaela Araújo
Rafaela Araújo rated it really liked it
Sep 21, 2015
Ana
Ana rated it really liked it
Jul 01, 2013
André C.
André C. rated it liked it
May 04, 2014
« previous 1 3 4 5 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
  • O Retorno
  • Os Passos em Volta
  • Novas Crónicas da Boca do Inferno
  • Antídoto
  • O Senhor Valéry (O Bairro, #1)
  • O Livro Do Ano
  • O Teu Rosto Será o Último
  • El banquero anarquista
  • Now and at the Hour of Our Death
  • O Físico Prodigioso
  • A Costa dos Murmúrios
  • Mar me Quer
  • As Primeiras Coisas
  • Sonetos
  • O Amor é Fodido
  • Era Bom Que Trocássemos Umas Ideias Sobre O Assunto
4419503
"Carlos Vaz Marques nasceu em Lisboa a 28 de Janeiro de 1964.
Jornalista profissional desde 1987, integra a redacção da TSF desde 1990. Iniciou-se no jornalismo na redacção do JL - Jornal de Letras, Artes e Ideias, tendo passado também pela redacção do (já desaparecido) semanário O Jornal.
Frequentou o curso de Línguas e Literaturas Modernas - variante Português/Francês, na Faculdade de Ciências Soc
...more
More about Carlos Vaz Marques...

Share This Book



“Nenhuma nudez está à altura de um poema. Os poemas são sempre mais íntimos e carregam muito mais de nós ao leitor incauto.” 2 likes
“Eu estava convencido de que nunca deveria sucumbir à tentação de perdurar. Porque, se morresse no início das coisas, elas seriam eternas, apenas assim. Nunca percebi nada do amor e nunca percebi nada sobre a morte. Um e outra me acossam.” 0 likes
More quotes…