Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “As Pupilas do Senhor Reitor” as Want to Read:
As Pupilas do Senhor Reitor
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

As Pupilas do Senhor Reitor

3.60  ·  Rating Details  ·  1,055 Ratings  ·  22 Reviews
As Pupilas do Senhor Reitor, um romance de Júlio Dinis publicado em 1866, conta a história do regresso de um jovem inconsciente à vila onde nascera. Uma vez aí chegado, apaixona-se pela noiva do irmão, o que desencadeia uma série de peripécias. As aventuras amorosas de Daniel chocam com a vida de duas órfãs, Clara e Margarida, entregues aos cuidados do reitor da aldeia. Em ...more
Paperback
Published 2009 by Editorial Verbo (first published 1867)
More Details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about As Pupilas do Senhor Reitor, please sign up.

Be the first to ask a question about As Pupilas do Senhor Reitor

This book is not yet featured on Listopia. Add this book to your favorite list »

Community Reviews

(showing 1-30 of 1,680)
filter  |  sort: default (?)  |  Rating Details
Luís Blue Coltrane
Mr. Rector's Pupils

The Rector Pupils, a novel by Julio Dinis published in 1866, tells the story of the return of a young unconscious to the village where he was born. Once there arrived, falls for the bride's brother, which triggers a series of adventures. The amorous adventures of Daniel clash with the lives of two orphaned, Clara and Daisy, delivered to the care of village rector. In short, The Pupils of Rector translates the Portuguese rural life of the time.

A book written with the simplicity
...more
Tempo de Ler
Jun 12, 2012 Tempo de Ler rated it really liked it  ·  review of another edition
Review: http://tempodler.blogspot.pt/2012/06/...

Gostei imenso deste livro, principalmente porque não estava à espera que fosse tão divertido nem escrito num tom tão alegre. Adoro a forma jovial com que Júlio Dinis escreve, com uma simplicidade ternurenta e um tom brincalhão.

É difícil associar este despreendimento e alegria na escrita a uma pessoa que passou tanto tempo da sua vida doente.

«Há poucos momentos de mais felicidade para mim do que aqueles em que me absorve a atenção a composição de
...more
Sara
As pupilas do Senhor Reitor entram diretamente para os meus favoritos!

Assim como nos indica o título, este romance retrata a vida das duas pupilas do Senhor Reitor, Margarida e Clara. O caminho desta duas pupilas tomará o mesmo sentido que o dos filhos de José das Dornas um lavrador abastado da aldeia...

É um clássico, é português, é romance e é um dos melhores. Muito bem escrito, Júlio Dinis mantém uma relação próxima do leitor quase como se nos estivesse a contar a história ele mesmo, tem uma l
...more
Alex
Feb 05, 2016 Alex rated it really liked it  ·  review of another edition
4,5*
Gustavo Marques
Aug 13, 2012 Gustavo Marques rated it did not like it  ·  review of another edition
Personagens moralmente corrompidas. Acção alimentada a mexericos e intrigas. Escrito a pensar nos aplausos das multidões degradadas. O autor é Júlio Dinis, mas, pelos modos, poderia ser Júlio Dantas.
Rodrigo Oliveira
Nov 15, 2011 Rodrigo Oliveira rated it really liked it  ·  review of another edition
Shelves: 2011
Engraçado. Acho que é a palavra que melhor define o livro.
Não achei uma obra "por aí além" mas graças à escrita simples salpicada por alguns momentos divertidos, acabou por se tornar uma leitura agradável.
A história centra-se em Daniel e nas suas paixões "fáceis" que vão colocar em risco a sua carreira e o bem-estar familiar, principalmente quando este se apaixona pela noiva do irmão, uma das pupilas do Reitor da aldeia. Acabou por ser a personagem do reitor que mais me fascinou. Desde a infânci
...more
Sónia
Sep 30, 2012 Sónia rated it really liked it  ·  review of another edition
Este é o primeiro livro que leio de Júlio Dinis, aliás este é o primeiro livro que leio de um autor clássico português (não sei bem que o poderei chamar assim). O livro é leve e simples, mas muito bem escrito, com uma história que achei realmente bonita e de que nos faz ver as diversas formas do amor.

Embora perceba que talvez hoje o livro não seja muito crítico, acredito que à data da sua publicação foi visto de forma diferente. Por outro lado devo dizer que se em algumas coisas a nossa sociedad
...more
Marinho Lopes
Dec 28, 2014 Marinho Lopes rated it really liked it  ·  review of another edition
Esta é uma obra que se lê muito bem, porque seguiu o novo estilo introduzido em Portugal do século XIX, o romance de folhetim, em que cada capítulo foi publicado num jornal periódico. Assim, a estrutura obedece a regras que favorecem a leitura e o interesse dos leitores, uma vez que em cada capítulo existe um episódio da acção, acabando sempre com uma “questão” que deverá ser respondida no capítulo seguinte (um estilo que hoje em dia se usa muito, claro). A acção tem os seus momentos divertidos, ...more
Gláucia Renata

O que torna o livro um pouquinho atraente é a figura simpática e generosa do senhor reitor, na verdade um padre que tutora as órfãs Margarida e Clara, irmãs de gênios opostos.
Faz parte do romantismo português, não gosto muito do gênero mas é sempre interessante conhecer um mundo temporalmente não tão distante mas com costumes que nos parecem de outro mundo, tão absurdos, principalmente para as pobres mulheres.

""Parecerá talvez um meio singular este de corrigir os efeitos de um passo imprudente
...more
Ricardo Alves
Na indispensável Biografia de Júlio Dinis, Liberto Cruz recolhe algumas apreciações contemporâneas sobre As Pupilas do Senhor Reitor, o primeiro romance que lhe saiu dos prelos (1867).
Para Alexandre Herculano tratava-se d'"o primeiro romance português" (p. 129); Eça de Queirós (cuja frase assassina n'As Farpas, à data da morte do escritor notava que este "vive[ra] de leve, escreve[ra] de leve, morre[ra] de leve") defendera ou defenderá (desconheço a data) que As Pupilas "era um livro real. Surgi
...more
Adriana Fogaça
Mar 29, 2016 Adriana Fogaça rated it it was amazing  ·  review of another edition
As Pupilas do Senhor Reitor - Júlio Dinis
Título original: As Pupilas do Senhor Reitor
Autor: Júlio Dinis
Editora: Ediouro
Ano: 1997

Escrito em 1866 no formato de folhetim, fez muito sucesso na época por ser publicado em capítulo no Jornal do Porto. Segundo alguns críticos, o texto foi dirigido à classes populares, baseado em costumes rurais, por isso de todo o sucesso que fez.

Na realidade acredito que o sucesso se dá pelo romantismo exacerbado, nas idas e vindas, nos conflitos entre o campo e a cida
...more
Mady
May 17, 2015 Mady rated it really liked it  ·  review of another edition
A Portuguese classic written in the 19th century, but surprisingly (or maybe not!), so readable and easily addictive! I'm now on a quest to re-read (along) Júlio Dinis' novels, after having read most of them on my teens.

One of the advantages of having a short memory for book plots is that I can re-read beloved books without having any spoilers and re-enjoying them as if it was my first time read!! :)

Two sisters, two brothers, the countryside (where people remain truthful and honest), the city (w
...more
Patricio
3,5.
Eu esperava que o livro fosse melhor, mas não fiquei de todo desiludido.
A ação está bem construída e de uma maneira harmoniosa, mas em contrapartida a história deveria ter mais acontecimentos.
Há vários momentos da narração em que o autor/narrador se dirige a nós (penso que algumas deles são um pouco desnecessárias) e partes mais 'engraçadas', como os mexericos, em que nos dá vontade de rir pois vemos que a partir de algo cada pessoa inventa uma coisa.
Posso dizer que o livro é interessante e
...more
Virgilio Machado
Um livro escrito com a simplicidade de estilo e o realismo de representação que caracterizam a obra de Júlio Dinis, recheado de situações imprevistas e de grande intensidade dramática.

As Pupilas do Senhor Reitor. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. [Consult. 2012-01-03]. Disponível na www:

O romance gira em torno da tese segundo a qual a vida simples e natural torna as pessoas alegres e felizes. Júlio Diniz descreve o campo, os tipos humanos, os hábitos e as idéias, desenvo
...more
Mafalda Cardeira
Bom, apesar de esperar mais. Leitura fácil e rápida. Excelente leitura de verão.
Tiago
Jun 28, 2015 Tiago rated it liked it  ·  review of another edition
(ainda inacabado)
Maria D'Aires
há muitos anos....
Carlos Hugo Winckler Godinho
Nada demais, mas ótimo para seguir uma leitura pesada. Livro extremamente leve e narrado de forma simples e linear.
Pedro
Apr 12, 2009 Pedro marked it as to-read  ·  review of another edition
Adoro Júlio Dinis!!! Por isso mesmo, estou mais do que entusiasmado para ler esta grande obra!!!
Gema
Jun 04, 2012 Gema rated it it was amazing  ·  review of another edition
Adorei este livro e fiquei com curiosidade em ler mais livros deste autor.
João Lino
História engraçada com momentos bastante caricátos.
Diana
Jul 07, 2015 Diana rated it liked it  ·  review of another edition
3.5 stars
Joana
Joana marked it as to-read
Aug 24, 2016
Juliana Luz
Juliana Luz marked it as to-read
Aug 23, 2016
Jo
Jo marked it as to-read
Aug 22, 2016
Filipa Baeta
Filipa Baeta rated it really liked it
Aug 20, 2016
Ana B.
Ana B. rated it it was amazing
Aug 20, 2016
Luis Calado
Luis Calado rated it it was ok
Aug 19, 2016
Belle
Belle is currently reading it
Aug 18, 2016
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 55 56 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
  • Eurico, o Presbítero
  • A Queda dum Anjo
  • Contos
  • Viagens na Minha Terra
  • Bichos
  • Manhã Submersa
  • Mau Tempo no Canal
  • Só
  • Romance da Raposa
  • O Bom Inverno
  • Mar - Antologia
  • A Trança de Inês
  • Perguntem a Sarah Gross
1019403
JÚLIO DINIS, pseudónimo de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, nasceu no Porto a 14 de Novembro de 1839. Tirou o curso de Medicina na Escola Médica do Porto, aliando a profissão de médico à de escritor. Os seus primeiros textos foram publicados em A Grinalda e em O Jornal do Comércio. As suas principais obras, todas assinadas como Júlio Dinis, são: As Pupilas do Senhor Reitor (1867), A Morgadinha dos ...more
More about Júlio Dinis...

Share This Book