Goodreads helps you keep track of books you want to read.
Start by marking “El crimen del padre Amaro” as Want to Read:
El crimen del padre Amaro
Enlarge cover
Rate this book
Clear rating
Open Preview

El crimen del padre Amaro

4.01 of 5 stars 4.01  ·  rating details  ·  2,169 ratings  ·  92 reviews
La obra del portugués JOSÉ MARIA EÇA DE QUEIROZ (1845-1900), uno de los más grandes narradores del siglo xix, parte de postulados naturalistas para recrear de forma magistral ambientes en los que sobresale el penetrante estudio psicológico de los personajes. En EL CRIMEN DEL PADRE AMARO -novela en la que un párroco de provincias, amparado en la impunidad que le proporciona ...more
Paperback, Literatura, 512 pages
Published July 1998 by Alianza (first published 1875)
more details... edit details

Friend Reviews

To see what your friends thought of this book, please sign up.

Reader Q&A

To ask other readers questions about El crimen del padre Amaro, please sign up.

Be the first to ask a question about El crimen del padre Amaro

This book is not yet featured on Listopia. Add this book to your favorite list »

Community Reviews

(showing 1-30 of 3,000)
filter  |  sort: default (?)  |  rating details
K.D. Absolutely
Mar 08, 2014 K.D. Absolutely rated it 4 of 5 stars  ·  review of another edition
Recommended to K.D. by: 1001 Books You Must Read Before You Die (2008-2012)
Padre Amaro is a young Catholic priest who falls in love with young girl Amelia. When this was first published this created an uproar in Portugal in 1875 because of its openly depiction of sex and forbidden love. When its movie adaptation was shown in 2002, the several religious organizations in Mexico attempted to prevent its showing. The movie became an international blockbuster and made Gael Garcia Bernal (born 1978) a Mexican actor and director as a household name.

I saw that movie and I lik
...more
Carolyn
This is NOT a love story. This is about the ugly corruption of power, not that it in itself is a new theme, but this was written in the mid 1800's in Portugal, about a catholic priest who seduces a young innocent girl from his parish. Of course, the young girl believes it is love, and of course, for Father Amaro it is just a roll in the creche. He is so despicable and he is so well understand by our writer that the story just keeps you mesmerized. You must keep reminding yourself of when and whe ...more
Sofia
Tão, tão bom. Tão deliciosamente cínico, tão subversivamente hilariante.

Rodrigo
¡Muy bueno! Obviamente lo que me llevó a este libro fue la película. Carlos Carrera es de mis directores preferidos, pero sinceramente desde que la vi hace varios años pensé que Gael García Bernal, con lo buen actor que es, fue una muy mala elección. Después de leer el libro, sólo podría decir dos cosas respecto a la película: increíble adaptación de Vicente Leñero del Portugal del siglo XIX al México del siglo XXI. ¡Felicidades! Y la segunda: ¿a quién se le ocurrió que Gael era el mejor para in ...more
Landa
O Crime do Padre Amaro é um retrato da sociedade Portuguesa em meados do século XIX e uma severa crítica à hipocrisia existente na Igreja Católica e à vida burguesa portuguesa. No entanto, apesar de ter sido escrito à mais de 100 anos achei-o bastante actual em alguns pontos.
Um leitura bastante agradável pela escrita do autor e pelo ensaio irónico desenvolvido.
Ana Cláudia
Extremamente antigo e tristemente atual. Não sei se, por isso, devamos achar Eça um máximo ou Portugal "um mínimo". Talvez os dois.
Eliana Rivero
Esta novela es un crimen para las emociones, la verdad. El crimen del padre Amaro es rápida y con grandes personajes. Todo se vuelve irónico, incluso molesto, cuando te das cuenta de toda la hipocresía y chismorreo de la entidad eclesiástica. Curas, monaguillos, padres, canónigos: todos son viles, con privilegios inmerecidos; las beatas son hipócritas, chismosas, y se valen de una falsa mojigatería para desprestigiar a los demás. Existe una doble moral increíblemente despiadada.

Los personajes pr
...more
Virgilio Machado
Feb 11, 2012 Virgilio Machado rated it 5 of 5 stars  ·  review of another edition
Recommends it for: Everybody, older than 16
Publicado em 1875, O Crime do Padre Amaro (romance de tese), de Eça de Queirós, é, simultaneamente uma obra-prima, um documento humano e social do país e de uma época, a expressão literária de uma realidade que a história confirma. A narrativa recria o coloquialismo português.

http://www.passeiweb.com/na_ponta_lin...

[...] o romance de tese visa descrever e explicar os problemas sociais sob a luz das novas ideias. Neles há a crítica, muitas vezes feroz, às instituições que servem de base para a so
...more
Ana Paula
Jun 03, 2009 Ana Paula rated it 5 of 5 stars  ·  review of another edition
Recommended to Ana Paula by: portuguese realism class
This review has been hidden because it contains spoilers. To view it, click here.
Jeruen
An edited version of this article was first published as Book Review: The Crime of Father Amaro by José Maria de Eça de Queiroz on Blogcritics.org.

I haven't written a book review in a while, and that is because I had been preoccupied with reading this massive work by José Maria de Eça de Queiroz, none other than his most famous novel, entitled The Crime of Father Amaro. And after reading it, I was blown away.

Well, tradition dictates that I narrate a brief synopsis of the book, and this is relati
...more
Mady
My current project is to try to read more in Portuguese. Since I'm avoiding translations and there are very few contemporary writers that I like, I've turned to the classics.

I loved Eça de Queirós' "Os Maias" and somehow never got around to read another of his books. Until now :)

This is another portrait of Portuguese society from the mid 1800'. Taking place in Leiria, this book narrates the story of the affair between a young catholic priest and a devoted young lady. The priest Amaro is allocate
...more
Gláucia Renata
Ao ler o título imaginei um padre frio e cruel, mas à medida que avançava na leitura vi que ele era mais vítima que algoz da estrutura clerical hipócrita. Amélia, por ser a parte frágil da relação acabou sofrendo todas as consequências. O maiores crimes de Amaro foram sua fraqueza, sua covardia e sua ambição.
O livro me deixou bastante chocada e revoltada com o Clero e fico me perguntando se as coisas realmente são assim.
Marco Caetano
Voltei ao Eça... E se já tinha gostado d'A Relíquia, fiquei completamente rendido com O Crime do Padre Amaro.

A cultura de Eça é mesmo algo impressionante. Se era uma individualidade no seu tempo, não tenho dúvidas que o seria da mesma forma nos dias de hoje.

Naquele que foi o seu primeiro romance, Eça consegue uma história, admiravelmente narrada, de um amor proibido - o amor de um sacerdote por uma mulher. Na cidade de Leiria, o recém-chegado pároco Amaro Vieira, rapidamente se perde de amores p
...more
Christopher
The book is firmly set in Portugal, although ranges as far away as Paris in its search for reasons to heap opprobrium on the Catholic Church.

Whether this was intended as an indictment of Portuguese culture, the Catholic Church, or both is not clear. Either way, the book tells the enthralling tale of a young man whose ambition is to be a priest.

Not, you understand, because he is Holy. Because it brought "fringe benefits" as they might say. Celibacy is not the counter to these benefits that you mi
...more
Sophia
May 19, 2012 Sophia rated it 3 of 5 stars  ·  review of another edition
Recommended to Sophia by: 1001 books you must read before you die
Shelves: 2012, portugal
In The Crime of Father Amaro, nineteenth-century Portuguese writer José Maria Eça de Queirós delivers a broad critique of the corruption and hypocrisy of the entire society. Father Amaro is a young, handsome priest assigned to the parish in the small city of Leiria. He and the religiously devout daughter Amélia of the house where he is a lodger fall for each other, amid many other improper goings-on among those who claim moral and social propriety. Although it did not inspire me to read with any ...more
Isabel Maia
Um dos grandes clássicos da literatura portuguesa. Apareceu pela primeira vez, sob a forma de folhetins, em 1875.
Conta a história de um padre, Amaro Vieira, que depois de alguns anos numa paróquia pobre perdida no meio das serras, é transferido para Leiria. Lá, Amaro instala-se em casa de uma senhora conhecida na terra por S. Joaneira. É a partir daí que Amaro comete o seu verdadeiro crime, apaixonou-se por Amélia, filha da S. Joaneira.
Mas Eça, a par do contar das desventuras destas duas almas,
...more
Concha Marcos
El anticlerical Eça de Queiros brilla en este libro con luz propia. Pero no solo se burla magistralmente del clero y de toda la beatería pueblerina y paleta si no también de todas las instituciones políticas. Brillante retrato del católico y mohino Portugal de finales del XIX en el que sumerge al lector en un mundo de hipocresía asfixiante y tétrico, corrupto y sin valores o lo que es mejor con unos valores totalmente equivocados y fuera de lugar.
Como casi siempre en las novelas de Querirós no h
...more
Mayta Quix
What an immensely entertaining book!!plenty of aphorisms and funny caricatures with a typical realism introspection on tormented souls

Eca is fabulous in the way that he expertly conjured flawed eccentric characters as detailed as Dickens and used them as the instrument of social critics of their time (while I rather suspect that he made for himself a cameo appearance in several paragraphs as Dr. Gouvea)

I felt so reluctant to read the very last page..it is truly a masterful debut novel of Eca, t
...more
Pequete
Li este livro quando tinha 14 ou 15 anos e lembro-me de ter ficado profundamente impressionada com ele.Lembro-me, em particular, de ter eu própria sentimentos contraditórios relativamente ao livro: por um lado tinha vontade de o continuar a ler, por outro, o desenrolar da história causava-me um imenso mau-estar! Os conflitos interiores, o contraste entre o que se deve ser e o que se é, as aparências e a realidade, etc. Em suma, um excelente livro.
Jorge
Exquisito relato de la “clerigalla” Portuguesa del siglo XIX. Eça de Queirós, para muchos el mejor novelista de habla Portuguesa, despliega todas sus facultades narrativas al adentrarse en la vida de los clérigos en un pueblo de Portugal. Eca retrata con maestría, ironía y gracia las debilidades, los gustos y también algunas cualidades de los curas. En una palabra nos hace ver que los sacerdotes tienen todas las debilidades y concupiscencias humanas latiendo vivamente debajo de esas engañosas so ...more
Paula
Jun 10, 2011 Paula rated it 5 of 5 stars  ·  review of another edition
Recommends it for: é uma clássico! Será preciso mais?
Recommended to Paula by: leitura obrigatória - Faculdade
É um clássico incontornável.
Estamos em todos os lugares com as personagens pela mão do narrador atento e que se não se inibe de apontar o dedo, de nos levar a pensar ... E se...?
Quando soube que a versão (1.ª edição) apenas existente no Brasil era mais chocante - sou católica praticcante - pensei que Portugal era demasiado pequeno para um génio como Eça.
Na verdade, quantas são as vezes em que a realidade ultrapassa a ficção?
João Damasceno
Essa obra é uma crítica muito bem construída contra o clero, com passagens sensuais e argumentação interessante explicando as "forças da natureza" que levam o padre a cometer seu "crime".
Laura
This books tells the love story between Father Amado and Amelia, with a lot of religious criticism. It is the first book on Portuguese Realism.
Ana
Um livro intenso e audaz para a época. Pessoalmente, gosto muito do modo como o Eça caracteriza e critica a sociedade da altura.
Célia
Muito bom, este livro. Eça muito à frente do seu tempo.
Joana
A obra conta-nos o amor vivido entre o Padre Amaro e Amélia, na Leiria do século XIX. Quando sai do seminário, o jovem Padre é colocado numa paróquia de uma serra remota, numa aldeia onde a maioria das pessoas eram pobres pastores. Aí, pela primeira vez, questiona a sua vocação, apercebendo-se de que seguira a vida religiosa apenas por influência de uma marquesa, de que fora protegido e graças aos contactos que ainda tinha na alta sociedade lisboeta, consegue transferir-se para Leiria, uma das p ...more
Iceman
Como afirmou Miguel Torga: "Grande Eça! Arrancar desta terra um tal romance, parece ser obra de Deus!", eu assino por baixo, embora, na minha opinião, esta não seja a obra-prima do mestre.
"O crime do Padre Amaro", segundo o próprio Eça, começa a ser concebido em 1870 quando ele é nomeado administrador do Concelho de Leiria. Enviado para aqueles ermos, Eça sente-se infeliz e deslocado no meio de tanta beata e mal dizer. Aos poucos e devido à sua distinta posição assim como devido ao seu excelente
...more
Queirosiana
Li o livro em pouco tempo, estranhei até a rapidez com que o fiz, mas a história é terrivelmente sedutora e é impossível resisitir à tentação!

No início, Eça apresenta-nos um Amaro "sem sal". A sua infância foi repleta de algumas tragédias e de muitos "frus frus" de saias de mulheres. A ida para o seminário por ordem da sua benfeitora, revela-nos um Amaro com pouca convicção na Igreja, sem qualquer vocação. A temporada nos confins da Serra, que ocorre um ano antes de se tornar pároco em Leiria, o
...more
Tiago Filipe
Um livro excelente, ao nível do que Eça de Queirós nos habituou, brilhante do principio ao fim.

Saliento neste livro a enorme sátira feita à igreja, principalmente através das palavras do Dr. Gouveia a João Eduardo:
"Meu rapaz, tu podes ter socialmente todas as virtude; mas, segundo a religião de nossos pais, todas as virtudes que não são católicas são inúteis e perniciosas. Ser trabalhador, casto, honrado, justo, verdadeiro, são grandes virtudes; mas para os padres e para a igreja não contam. Se
...more
Núria
Oct 12, 2007 Núria rated it 5 of 5 stars  ·  review of another edition
Recommends it for: amantes de todo lo decimonónico
Eça de Queirós es tan decimonónico que es imposible que no le quiera. El primero libro suyo que leí fue 'El primo Basilio' y al terminar me dejó un amargo sabor de boca, porque tenía un final de lo más anticlimático y decepcionante. Pero, poco a poco, fui olvidándome del final y el libro creció en mí. Al fin y al cabo, el final era una concesión a la buena moral (no olvidemos que era el siglo XIX). Así que al ponerme a leer 'El crimen del padre Amaro' ya estaba avisada y no me ha sorprendido cua ...more
« previous 1 3 4 5 6 7 8 9 99 100 next »
There are no discussion topics on this book yet. Be the first to start one »
  • A Morgadinha dos Canaviais
  • Balada da Praia dos Cães
  • Eurico, o Presbítero
  • A Queda dum Anjo
  • The Lusiads
  • Sinais de Fogo (Colecção Mil Folhas, #48)
  • Era Bom Que Trocássemos Umas Ideias Sobre O Assunto
  • Mensagem - Poemas esotéricos
  • Manhã Submersa
  • Bichos
  • Equador
  • Os Livros que Devoraram o Meu Pai
  • Sonetos
  • Nação Crioula
  • Aventuras de João Sem Medo: Panfleto Mágico em forma de Romance (Biblioteca de Bolso Literatura #3)
  • Baltasar and Blimunda
  • Esteiros
6913270
Novelist committed to social reform who introduced Naturalism and Realism to Portugal. He is often considered to be the greatest Portuguese novelist, certainly the leading 19th-century Portuguese novelist whose fame was international. The son of a prominent magistrate, Eça de Queiroz spent his early years with relatives and was sent to boarding school at the age of five. After receiving his degree ...more
More about Eça de Queirós...
Os Maias O Primo Basílio A cidade e as serras Contos The Relic

Share This Book

“Filosofias, ideias, glórias profanas, gerações e impérios passam: são como os suspiros efêmeros do esforço humano: só ela permanece e permanecerá, a cruz - esperança dos homens, confiança dos desesperados, amparo dos frágeis, asilo dos vencidos, força maior da humanidade.” 3 likes
“(...) e então que homem é o senhor que se envergonha das verdades que solta e que não se atreve a manter á luz do dia as opiniões que redigiu na escuridão da noite?” 0 likes
More quotes…